.

domingo, janeiro 23, 2011

Shih Tzu - Cachorros.


                

Shih Tzu - Cachorros: A Shih Tzu é uma raça de cachorros originária da China. e o seu nome no idioma nativo significa "cachorro leão", pois esta raça foi cruzada e aprimorada para ter uma aparência próxima a de um leão em miniatura. E são também, parentes muito próximos do Lhasa Apso, os shih-tzu tem expectativa de vida de 15 anos. E seu porte altivo é a sua característica principal, tendo a pelagem comprida e sedosa, e com um bom sub-pêlo. É também chamado de cachorro crisântemo, devido ao aspecto de sua cara, sua cabeça é redonda e com os olhos bem separados, e seu focinho é quadrado e curto não possuindo rugas, sendo a sua cauda bastante peluda, elevada e encurvada sobre o dorso.


E a altura media do Shih Tzu varia entre 20 e 28 cm, com seu peso ficando normalmente entre 3,5 e 7,5 kg. Entretanto, o padrão oficial da raça determina que o peso mínimo seja de 4,5kg, e os Shih-Tzus, apresentam uma expectativa media de vida de aproximadamente 15 anos. Existe uma variedade muito grande de cores na pelagem do Shih-Tzus, inclusive mesclados, e os mais preferidos e desejados são os exemplares de Shih-Tzu mesclados com mesclas de cor branca na cabeça. E as cores mais comuns são as misturas de branco e dourado, preto e branco, branco e fígado, branco e mogno, há também os mesclados com 3 cores, os mais comuns são na combinação de branco, dourado e preto, sendo a dourada, figado, mogno e a preta as cores únicas de ocorrência mais comuns nos Shih-Tzus.


E devida a sua longa pelagem, o Shih-Tzur requer escovação diária, e uma tosa adequada, para livrá-la de nós, e manter a sua suavidade e bela aparência. Alguns Shih-Tzus têm um fator genético que faz com que, se acasalarem com outro Shih-Tzu com o mesmo fator, podem dar origem a filhotes conhecidos por smooth coat, cuja aparência lembra mais um mestiço de Chin Japonês com Pequinês, do que o Shih-Tzu. Tal característica é perceptível já a partir dos 2 meses de idade, e acredita-se que esta característica genética seja herança do Spaniel do Tibete, que teria participado na formação do Shih Tzu, dando origem aos smooth coat. Algo semelhante acontece também com os Lhasa Apsos. 


Os cachorros da raça Shih Tzu são extremamente dóceis e mansos, e adoram ficar próximos daqueles que os fazem carinho. São cachorros que se adaptam perfeitamente a pequenos espaços, e são indicados para quem mora em apartamento ou casas pequenas ou sem quintal. E também, tem por costume serem bem educados em relação as necessidades fisiológicas, considerando-se que devem ser treinados quanto ao local adequado para isso. E também tem que se tomar certos cuidados higienicos, devido a sua longa pelagem. Alguns comportamentos caracteristicos e que podem ser observados nos Shih-Tzu são, os de nunca dormirem, no mesmo local onde fazem suas necessidades, bebem bastante água, preferem deitar em pisos frios.


Devido principalmente a sua densa pelagem e também a sua origem, e gostam de ficar deitados perto do dono ou de alguém com quem tenham afeição. E diferente de outras raças, o Shih Tzu aceita tranquilamente ficar sozinho sem problemas, pois é um cachorro muito independente, e não late em excesso, nem detrói ou danifica objetos ou moveis da casa. E mesmo que o Shih Tzu, não seja considerada uma das raças mais fáceis para se ensinar ou adestrar, com um pouco de paciência e dedicação ele assimila perfeitamente as orientações, pois é um cachorro bastante inteligente. E no cotidiano é um cachorro muito esperto, e que presta atenção em tudo ao seu redor, aprendendo rápido as coisas, é preciso inclusive, um certo cuidado, pra não se deixar enganar pela sua carinha.


Pois é com ela, que os Shih Tzus conseguem dominar seus donos, fazendo com que estes atendam a todas as suas vontades, saber dizer não e ser firme é necessário. Os Shih-Tzus são menos ativos e agitados que outros cachorros do mesmo porte, e são ideais para aqueles que gostam de ficar acariciando o seu cachorro, haja vista que os Shih-Tzu, adoram um colo e ficam tranquilamente, quietos e acomodados nestes, e são também um ótimo cachorro para quem tem crianças pequenas, desde que porem, as crianças não sejam muito brutas ou rudes nas suas brincadeiras, pois podem machuca-los seriamente, e também, seu relacionamento com outros cachorros e até mesmo com gatos é bastante tranquila.


Especula-se que a origem da raça Shih-Tzu, seja resultante do cruzamento entre um Pequinês e um Lhasa Apso em tempos antigos, podendo ter havido tambem a participação de outras raças, como o Pug. De fato, análises de DNA recentes comprovam que o Shih-Tzu é uma das raças mais antigas. Existe uma lenda antologica, que diz que o Shih-Tzu é o símbolo do amor impossível entre uma princesa chinesa e um mongol (povo predominante no Tibete). Como o casamento lhes foi negado, se tornando impossível a sua realização, eles então teriam resolvido cruzar um legítimo representante da China (o Pequinês) com um de Lhasa (capital do Tibet), o Lhasa-Apso, e da união das destas duas raças, teria surgido o Shih-Tzu.


Apesar de todas lendas e suposições, não se sabe com exatidão qual a verdadeira origem da raça Shih-Tzuimperatrizes chinesas (Tsé-hi), que durante toda a sua vida sempre foi cercada por cachorros com caracteristicas de porte e anatómicas, muito próximas aos da raça Shih-Tzu. E segundo historiadores da raça, os cachorros da imperatriz eram mantidos num imenso pavilhão de mármore, cercado por cuidados extremos e tendo à sua disposição uma legião de eunucos, cuja obrigação era zelar pelo seu bem estar. Mas foi somente a partir de 1928, que os Shih Tzus passaram a fazer parte das ricas casas das famílias abastadas da China e de algumas poucas famílias no ocidente.


Nesta época, no entanto, não havia um único nome para a raça. Eram chamados de Lhasa Terrier, Tibetan Poodle ou Caniche Tibetano, Lhasa Dog e até Cão-crisântemo, o que gerou inúmeras confusões entre os criadores e historiadores, uma vez que eram frequentemente confundidos com o Lhasa Apso. Esta confusão só foi solucionada em 1934, quando a Tibatan Breed Association definiu claramente as diferenças entre ambos. o Lhasa Apso deveriam ser mais compridos e com a cana nasal mais longa do que os Shih Tzus.


Com a invasão da China pelo Japão em 1937, a raça praticamente desapareceu de seu país de origem e só não foi completamente extinta graças à atuação dos criadores ingleses, que nos anos 30 tinham importado diversos exemplares. A raça só foi oficialmente aceita pela FCI em 1957 e pelos americanos em 1969, e desde então vem ganhando cada vez mais popularidade, chegando a ser a segunda raça mais registrada no Japão em 1998 e no Brasil, cresce dia a dia. E os problemas de saúde inerentes e mais comuns que acometem à raça Shih-Tzu, são os problemas hepáticos, renais, displasia coxofemoral, coprofagia, alergias e oftalmológicos.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!