.

segunda-feira, outubro 27, 2014

Sais minerais dos Ossos - Cachorros.



Sais Minerais dos Ossos - Cachorros: O cálcio e fósforo são minerais essenciais na alimentação dos cachorros e são fundamentais para um perfeito desenvolvimento dos ossos. Pois são estes minerais é que proporcionam rigidez e densidade aos ossos e dentes. Uma deficiência nutricional de cálcio e fósforo, principalmente durante os primeiro 12 meses de vida do cachorro, tem como consequencia ossos porosos e frágeis, e com possibilidades de ocorrer raquitismo inclusive com deformidades esqueléticas. Esta mal formação ósseo-esquelética, está relacionado principalmente com uma deficiência nutricional de cálcio e fósforo.


resulta em ossos moles e deformados, pois eles não se calcificam e nem adquirem a rigidez necessaria. Além de cálcio e do fósforo, os ossos contém pequenas quantidades de magnésio, sódio,potássio, cloreto, fluoreto e micro-minerais. Atualmente há disponível no mercado rações balanceadas, e com todos os nutrientes necessários para um perfeito desenvolvimento ósseo dos cachorros. Somente utilize sais minerais ou suplementos alimentares com a devida prescrição e orientação veterinária.                                                            

Anti-Pulgas - Cachorros.



Anti-Pulgas - Cachorros: Advocate Cães é ideal para uma proteção completa contra parasitas externos e internos, sendo indicado para a prevenção e tratamento das infestações por pulgas (Ctenocephalides spp.), piolhos (Linognathus setosus e Trichodectes canis), ácaros das sarnas otodécica, sarcóptica e demodécica (Otodectes cynotis, Sarcoptes scabiei e Demodex canis) e os vermes intestinais Ancylostoma caninum, Toxocara canise Uncinaria stenocephala, incluindo suas larvas de quarto estágio (L4) e adultos imaturos; bem como Toxascaris leonina e Trichuris vulpis em cães.
Advocate previne a infestação causada pelo verme cardíaco Dirofilaria immitis quando administrado uma vez por mês.

Advantage Duo é indicado para a preveção, o tratamento e o controle de infestações da dirofilariose (verme do coração) em cães, sendo altamente eficaz, e tambem elimina as pulgas adultas presentes sobre os cães, logo no 1º dia de tratamento.
Descrição   
Indicação:
Advocate é indicado para a prevenção e tratamento das infestações por pulgas (Ctenocephalides spp.), piolhos (Linognathus setosus e Trichodectes canis), ácaros das sarnas otodécica, sarcóptica e demodécica (Otodectes cynotis, Sarcoptes scabiei e Demodex canis) e os vermes intestinais Ancylostoma caninum, Toxocara canise Uncinaria stenocephala, incluindo suas larvas de quarto estágio (L4) e adultos imaturos; bem como Toxascaris leonina e Trichuris vulpis em cães. Advocate previne a infestação causada pelo verme cardíaco Dirofilaria immitis quando administrado uma vez por mês.


Apresentação:
Cartuchos com 1 bisnaga plástica de 0,4 mL, 1 mL, 2,5 mL ou 4 mL, embalado em sachê aluminizado. Venda sob prescrição e aplicação sob orientação do Médico Veterinário .
LEVE SEU CÃO REGULARMENTE AO VETERINÁRIO.
Modo de Uso:
Aplicar o conteúdo da bisnaga de acordo com o peso do cão na região da nuca do animal, afastando os pêlos. Pode ser aplicado após o banho quando o pêlo e a pele do animal estiverem secos.
Dosagem:
Verifique o peso do seu cão. Certifique-se na tabela abaixo que ele está na faixa de peso adequada para esta apresentação:
Intervalo de Peso:                Volume da Bisnaga:
Cães até 4 kg                        0,4 ml
Cães entre 4 kg e 10 kg              1,0 ml
Cães entre 10 kg e 25 kg             2,5 mL
Cães entre 25 kg e 50 kg             4,0 mL
Para cães acima de 25 kg, aplicar o conteúdo de uma única bisnaga de 4,0 mL em 4 pontos ao longo da linha do dorso do animal.
Para cães acima de 40 kg, usar uma combinação adequada de bisnagas, complementando o tratamento obedecendo à proporção de 1
mL de Advocate para cada 10 kg de peso corporal.
Modo de Ação:

Pulgas:
O produto elimina as pulgas adultas presentes sobre os cães, logo no primeiro dia de tratamento e continua eliminando novas pulgas reinfestantes por pelo menos 4 semanas. Estas novas pulgas, emergentes do ambiente onde vive o cão, ou adquiridas em passeios, morrem após um curto período de contato com a pele do cão tratado. O tratamento mensal é recomendado para obter-se
um controle antipulgas e prevenção ideal. Advocate pode ser usado como parte do tratamento estratégico da dermatite alérgica a picada de pulga.


Piolhos: 
O produto elimina ninfas e piolhos adultos presentes sobre o animal. Recomenda-se o tratamento mensal para o controle do parasito.
Sarnas: 
Para o tratamento do Demodex canis administre de 2 a 4 tratamentos, com intervalos de 4 semanas. Como a sarna demodécica é uma doença multifatorial, é recomendado o tratamento de qualquer doença concomitante apropriadamente. Para o tratamento do Sarcoptes scabiei var. canis aplique dois tratamentos, com intervalo de 4 semanas. Para o tratamento do Otodectes cynotis
deve-se aplicar um único tratamento no dorso do animal. Após 4 semanas é recomendado avaliação de um Médico Veterinário para determinar necessidade de reaplicação. Antes do tratamento com Advocate, indica-se aplicação de ceruminolítico para promover a limpeza do conduto auditivo.


Vermes Intestinais: 
Advocate é efetivo contra os vermes redondos (Toxocara canis, Ancylostoma caninum e Uncinaria stenocephala), incluindo suas formas adultas, imaturas e estágios larvais (L4). Também é efetivo contra formas adultas de Toxascaris leonina e Trichuris vulpis. O tratamento mensal dos cães previne infecções patentes causadas por estas espécies de vermes redondos.


Verme do Coração: 
Para prevenção da Dirofilariose, ou seja, da infecção por Dirofilaria immitis , aplicar Advocate mensalmente.
Alternativamente, o tratamento pode ser iniciado um mês antes da primeira provável exposição aos mosquitos transmissores e deve continuar em intervalos mensais até um mês após a última exposição aos insetos. Para estabelecer uma rotina, recomenda-se que o produto seja administrado sempre no mesmo dia de cada mês.
Contra indicação:
Deve-se evitar o contato do produto com os olhos e a boca do animal. Não utilize em conjunto com outros medicamentos que contenham lactonas macrocíclicas.
Composição:
Cada 1 mL contém: 
Imidacloprida ....................... 100 mg
Moxidectina ........................... 25 mg
Veículo q.s.p. .......................... 1 mL

Como Cuidar dos Pelos - Cachorros.



Como Cuidar dos Pelos - Cachorros: Dependendo do tipo de raça, que pode ser uma raça de pelo longo ou curto, as exigências em relação ao tratamento do pelo serão diferentes. Geralmente as raças de pelo longo exigem um tratamento constante e prefenrencialmente diário, e o ato de escovar e pentear o cachorro não propicia somente o tratamento dos seus pelos, mas também massageia a pele dos cachorros. E os cachorros apreciam serem escovados, e adoram este momento de carinho e interação. E em relação aos banhos nos cachorros, não se deve dar banhos excessivos, pois destrói o filtro protector do pelo, o banho pode ser dado no mínimo, com um intervalo de 15 dias. 


E os produtos usados deverão ser apropriados para cada tipo de pelagem, e o secador tem de ser utilizado com atenção e cuidado, pois o calor em excesso pode queimar a pele e provocar lesões nas glândulas sebáceas. Cachorros com pelagem muito fina e longa precisam, além da utilização do  xampu, usarem também condicionadores, em casos de pelos muito secos, deve-se utilizar também cremes hidratantes. E o penteado a principio, deve ser feito preferencialmente com pente de metal, desfazendo os nós dos pelos com as mãos e com cuidado para não danifica-los, depois efetua-se uma escovação primeiramente contra o crescimento do pêlo e depois a favor. 


Este procedimento deve ser repetido por pelo menos duas vezes na semana, os cachorros de pêlo curto também necessitam de cuidados, pois contrariamente do se imagina de que não dão trabalho, e não soltam pelo na troca da pelagem são os que mais soltam pêlo morto. O banho pode ser dado no prazo normal mínimo de 15 dias,  e uma boa escovação auxilia bastante na eliminação dos pelos mortos. Não se pode ignorar que as verminoses também influenciam e refletem no brilho e textura dos pelos, então deve-se fazer um exame de fezes no cachorro a cada 6 meses, pois alem de evitar verminoses protegendo sua saúde, protege também as pessoas contra zoonoses causadas por determinadas verminoses. 


E ectoparasitas como como pulgas e carrapatos, também afetam negativamente o pelo dos cachorros, pois além de transmitirem doenças ocasionam também dermatites alérgicas e lesões de pele, que prejudicam em muito o pelo dos cachorros. Pois  um pêlo bem cuidado não tem influencia somente na estética, funciona também como um indicador da saúde do cachorro, entretanto manter o pêlo do cachorro em bom estado não é apenas uma questão estética, mas principalmente uma questão de saúde canina.  Alimentação, pode-se fazer uma associação  entre a alimentação adequada do cachorro e um pêlo saudável, pois a alimentação do cachorro reflete diretamente na resistência, no brilho e na maciez de seus pelos. 




A alimentação deve ter uma correcta proporção entre proteína e carboidratos, mas para o pêlo é sobretudo importante a presença dos óleos omega e vitamina E. Recomenda-se adicionar uma colher de azeite e um ovo cozido ao dia na ração dos cachorros para dar mais brilho aos seus pêlos. É a alimentação do cachorro que fornece os óleos que permitem proteger a pele e o pêlo e também as vitaminas necessárias, para que o pêlo cresça forte e com vitalidade, e qualquer deficiência alimentar vai-se manifestar através dos pelos do cachorro. Consulte um veterinário, para maiores orientações e esclarecimentos.

Cachorros - Cheyletiella spp.



Cachorros - Cheyletiella spp: A Sarna cheyletiella e uma dermatose causada pelo acaro Cheyletiella spp. Os sintomas são semelhantes aos de outros tipos de sarna (Sarna Sarcoptica/Sarna Demotica) como irritação intensa(prurido), queda de pelos(alopecia), descamações e lesões com postulas e com grandes possibilidades de adquirir infecções por fungos e bactérias. O acaro Cheyletiella spp não e microscopico como os que causam outros tipos de sarna (Demodex Cani/Sarcoptes Scabiel Canis) e pode ser visto com o auxilio de uma simples lupa, sem necessidade de microscópios como ocorre com outros tipos de acaros causadores de sarnas caninas ou zoonozes. A Sarna Cheyletiella assim como a Sarna Sarcoptica e uma Zoonose altamente contagiosa, e o contagio ocorre por contato físico frequente e direto da pessoa com o cachorro infectado. 


Os sintomas desta Zoonose nas pessoas se caracterizam por descamações, lesões com postulas e grande irritação (prurido) nas regiões dos braços, abdomem e tórax. E o tratamento e feito com sabonetes, xampus e remédios orais, que deve ser feito somente após o diagnóstico, com prescrição e acompanhamento medico. Deve-se também trocar diariamente e lavar separadamente as roupas pessoais e de cama. O acaro Cheyletiella spp fica na superfície da pele, e apesar de não a escavarem como o fazem os acaros causadores de outros tipos de sarna (Demodex Cani/Sarcoptes Canis). O acaro Cheyletiella spp constroi corredores em forma de túneis no qual habitam, se protegem e também usam para facilitar a perfuração da da propria pele, para se nutrirem do fluido dos tecidos(linfa) do qual se alimentam. 


E mesmo não fazendo escavações na pele, a possibilidade de infecção por bactérias e fungos oportunistas é alta, e são decorrentes das lesões e escamações produzidas pelo acaro Cheyletiella spp na superfície da pele da pessoa infectada e acometida por esta Zoonose. O ciclo de vida do acaro Cheyletiella spp assim como os demais acaros causadores de outros tipos de sarna (Demodex Canis/Sarcoptes Canis), passa por 04 estágios ovo,Larva,Ninfa e Estagio Adulto (Macho/Fêmea). E todos os estágios acontecem no próprio hospedeiro levando em media de 12 a 15 dias para se completar todo o ciclo. O acaro Cheyletiella spp consegue se movimentar com relativa velocidade na epiderme do hospedeiro infectado quando comparado com outros tipos de acaros (Demodex Canis/Sarcoptes Canis) que possuem muito pouca mobilidade. O acaro Cheytiella spp se utiliza principalmente dos caminhos em formas de túneis construído por eles para facilitar e agilizar sua movimentação. 




O Tratamento da Sarna Cheytiella que acomete os cachorros e feito com remédios em forma de loções, de pó para diluir na agua ou orais. Em qualquer dos casos deve-se administrar os remédios somente após o diagnóstico e com prescrição a acompanhamento de um veterinário. Pois há certas remédios de uso oral utilizadas no tratamento que possuem fortes efeitos colaterais, principalmente a Ivermectina, uma droga fortíssima que possui graves efeitos colaterais, e que se for usada inadequadamente sem a orientação e o acompanhamento de um veterinário, pode provocar o óbito do cachorro. E para complementar o tratamento com medicamentos deve-se também higienizar os locais em que o cachorro fica, principalmente onde ele dorme. E proporcionar ao cachorro uma alimentação balanceada e com todos os nutrientes necessários para o fortalecimento do seu sistema imunológico.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!