Seja bem-vindo. Hoje é

22 outubro, 2014

Cachorros - Presa Canário.



Cachorros - Presa Canário: O Dogue Canário ou Dogo Canário, conhecido também como Perro de Presa Canário ou Presa Canário, é um cachorro molossóide originário das Ilhas Canárias, principalmente das ilhas Tenerife, Gran Canaria e Fuerteventura na Espanha. Nestas ilhas existia o Perro de Ganado Majoreiro ou Cão de Gado Majorero também chamado de Perro de la Tierra ou simplesmente Majoreiro, valente guardião e boiadeiro, sendo um dos principais ancestrais do Dogo Canário. A formação da raça começou a partir do século XVI, com a chegada dos colonos, que trouxeram cachorros molossóides e de tipo Bull (molossóide e terrier) para auxiliá-los na lida com o gado, que necessitava sempre ser subjugado para ser arrebanhado.


Foi a partir do cruzamento desses cachorros com o Perro de Ganado Majoreiro e outros cachorros nativos que surgiram exemplares com ossatura e cabeça mais pesadas, mas que mantiveram a valentia e a aptidão para a lida com o gado. Além dos cachorros, os colonos trouxeram consigo o hábito das rinhas, e essa também se tornou umas das funções desses cachorros. Foi este ambiente que deu origem ao Perro de Presa Canario que hoje chamamos de Dogo Canário. Já no século XX, a proibição das rinhas e os novos costumes na lida com o gado, além da popularidade de raças estrangeiras, fizeram a popularidade do cão nativo decair, e a raça quase foi extinta.


Porém, a partir da década de 70, alguns criadores, com o intuito de preservar a raça, criaram o Clube Espanhol do Presa Canário. Na sua aparência, O Dogo Canário apresenta-se como um cachorro de porte médio, mesomorfo, rústico e bem proporcionado, com máscara negra que lhe dá um perfil de aspecto intimidador. Sendo inclusive muitas vezes confundido com Pit Bull, porém com o dobro do tamanho das linhagens mais comuns desta ultima raça. Pois o tamanho do Dogo Canário é algo que realmente impressiona, com os machos tendo entre 60 a 65 cm na altura da cernelha e as fêmeas de 56 a 61 cm, e quanto ao peso, o padrão refere-se ao peso mínimo, que deve ser 50 kg para os machos e 40 kg para as fêmeas.


A sua mordedura deve ser preferencialmente em tesoura, suas orelhas podem ser cortadas ou não, a cauda deve ser sempre íntegra, reta e com ligeira curvatura na ponta quando relaxada, ou em forma de sabre quando em ação. Sua pelagem é curta, rústica, áspera ao toque, e as cores podem ser tigrado em todos os tons, fulvo em todos os tons. A cor branca pode aparecer no peito, na base do pescoço ou na garganta, nas patas e dedos posteriores, sendo que quanto menos tiver melhor, apresenta sempre máscara preta, sem contudo ultrapassar os olhos. E no seu temperamento, a raça Dogo Canário é conhecida pelo seu comportamento calmo, inclusive sendo referido frequentemente como "temperamento insular".


É considerado "gentil e nobre" com a família, e desconfiado com estranhos, cria laços fortes com o seu responsável e sua família e é extremamente protetor. É muito inteligente e apresenta um "olhar severo" que lhe é característico, em algumas situações, pode ser agressivo para com outros cachorros e animais, e mesmo humanos em casos raros. Desde que o cachorro tenha sido treinado e socializado, este comportamento constituirá excepção e não regra. Entretanto sendo educado e orientado o Dogo Canário coabitam tranquilamente com pássaros, gatos, cães, cavalos, répteis e outros animais. Apegado à família, porém desconfiado com estranhos, entretanto o Dogo Canário em qualquer situação demonstra ter grande confiança.


De aspecto sereno mas sempre atento, é especialmente dotado para as funções de guarda, sendo considerado por especialistas como o guardião ideal, por ser muito territorialista, equilibrado, predisposto a obediência e com um grau de atividade elevado para um Molosso. Possui latido grave e, quando em alerta, sua atitude é muito firme e seu olhar vigilante. Inclusive houve um caso de ataque muito conhecido e que recebeu muita atenção da mídia, que envolveu dois cachorros que na verdade se tratavam de mestiços de Dogo Canário Presa com Mastiff. Pois estes dois cachorros mataram Diane Whipple em 26 de janeiro de 2001, entretanto consta que estes cachorros foram treinados para rinhas, fator que os teria tornado particularmente agressivos.  Porem apesar de seu temperamento dominante, o Dogo Canário é um ótimo cachorro para se treinar, muito leal e devotado raramente se confronta com o seu próprio responsável.


É mais adequado mantê-lo em ambiente externo, porem se adapta tranquilamente ao ambiente interno, sendo porem necessário levá-lo para realizar exercícios nesta última situação. Porem como qualquer cachorro, os representantes desta raça poderão apresentar desvios de comportamento quando manejados incorretamente, e, devido ao seu porte avantajado, acidentes tendem a ser de maior gravidade. Isto, somado ao seu porte e sua aparência, que inclusive é tida por leigos como sendo idêntica a do Pit bull. Poderiam gerar a mesma polêmica que levou as raças Pit Bull, Fila Brasileiro, Tosa e Dogo Argentino a serem proibidas em certos países. Entretanto, no Brasil, como esta raça ainda não sofreu devido à popularização e nem chegou em massa às mãos de pessoas irresponsáveis, não teve suas qualidades físicas e psíquicas degeneradas.






COMPARTILHE A POSTAGEM.

SEGUIR NO TWITTER.

Follow CachorrosBlogs on Twitter

ADIÇIONAR NO GOOGLE +.

Seguidores

COMPARTILHE A POSTAGEM.

SEGUIR NO TWITTER.

Follow CachorrosBlogs on Twitter

.

.
ELES NÃO TEM VOZ, NEM VEZ. MAS SEU OLHAR NOS DIZ TUDO. SE NÃO PUDER ADOTAR, AO MENOS AJUDE-NOS À AJUDA-LOS. ( CASTRAÇÃO/VACINAÇÃO ).
Custom Search