.

sábado, setembro 04, 2010

Cachorros - Mosca dos Estabulos/Sintomas.


Cachorros - Mosca dos Estabulos/Sintomas: A mosca Stomoxys calcitrans e conhecida vulgarmente como mosca dos estábulos ou mosca do bagaço. Tem como dimensão um comprimento de 1,3 a 1,6 centímetros, e como cor caracteristica o branco e o cinza quadriculados no abdomem. A mosca Stomoxys calcitrans parasita preferencialmente cachorros confinados em canis veterinários ou abrigos para cachorros. A área mais afetada e onde estas moscas tem predileçao são as orelhas, pois elas são atraídas pelo cheiro exalado pela inflamação no ouvido dos cachorros (Otites) e também pelo odor provocado pelo excesso de cera, e a área mais atingida das orelhas são as pontas. A base da cauda também e afetada devido ao odor caracteristico da região próxima ao ânus. Os cachorros parasitados pela mosca dos estábulos (Stomoxys calcitrans) são acometidos por uma forte irritação, o que lhes causa bastante incomodo e desconforto.


Sintomas: As picadas desta espécie de mosca causam nos cachorros uma irritação intensa no local afetado, e também um consequente ato de se coçarem  freneticamente.  O que pode provocar ferimentos com hemorragias e inflamações pustulentas. E que dependendo da quantidade de infestação de moscas Stomoxys calcitranse, e se também não forem devidamente tratados. O quadro clínico pode progredir rapidamente para uma grave infecção bacteriana. Esta enfermidade atinge com maior frequência determinadas raças de cachorros devido a suas caracteristicas físicas, especificadamente em relação ao formato de suas orelhas e a fragilidade e sucessibilidade de seu sistema auditivo a doenças e infecções. Caracteristicas estas, que atraem e facilitam a ação das moscas para parasitar e vitimar os cachorros com as orelhas que tenham esta anatomia. Especialmente os cachorros das raças Pastor Alemão, Pastor Belga, Akita, Husk Siberiano e Cocker. Entretetanto apesar da mosca dos estábulos ter preferência por determinadas raças de cachorros, ela vitima toda as raças incluíndo obviamente os sem raça definida ( vira-latas).  E o seu habitat tanto pode ser a zona rural como os grandes centros urbanos.

Tratamento: O diagnóstico, tratamento e os remédios adequados devem necessariamente ser prescritos por um veterinário. Pois dependendo  do avanço do grau da enfermidade e dos sintomas apresentados pelo cachorro, faz-se necessário a utilização de antibióticos e antiflamatorios.  Para eliminar-se as infecções bacterianas e os edemas pustulentos para a consequente cura definitiva das lesões e da enfermidade. E o uso errado e indevido de medicamentos pode ocasionar graves efeitos colaterais,  prejudicando em muito a saúde do cachorro ou atrasando a sua recuperação e em muitos casos nem curando a enfermidade.  O que pode inclusive levar o cachorro ao óbito devido o perigo das infecções bacterianas se generaliza-rem no seu organismo. Faz-se necessário também  a aplicação de repelentes e pomadas anti-sépticas nos ferimentos, e uma  desinfecção e higienizarão constantes do ambiente em que fica o cachorro.  Especialmente onde ele descansa e/ou dorme para um controle e eliminação da presença das moscas, principalmente as da espécie Stomoxys calcitrans.                                                                        

Cachorros - Mosca dos estabulos (Stomoxys calcitrans).




Cachorros - Mosca dos estabulos (Stomoxys calcitrans): A mosca Stomoxys calcitrans e conhecida vulgarmente como mosca dos estábulos ou mosca do bagaço. Tem como dimensão um comprimento de 1,3 a 1,6 centímetros, e como cor caracteristica o branco e o cinza quadriculados no abdomem. A mosca Stomoxys calcitrans parasita preferencialmente cachorros confinados em canis veterinários ou abrigos para cachorros. A área mais afetada e onde estas moscas tem predileçao são as orelhas, pois elas são atraídas pelo cheiro exalado pela inflamação no ouvido dos cachorros (Otites) e também pelo odor provocado pelo excesso de cera, e a área mais atingida das orelhas são as pontas. A base da cauda também e afetada devido ao odor caracteristico da região próxima ao ânus. Os cachorros parasitados pela mosca dos estábulos (Stomoxys calcitrans) são acometidos por uma forte irritação, o que lhes causa bastante incomodo e desconforto.




Sintomas: As picadas desta espécie de mosca causam nos cachorros uma irritação intensa no local afetado, e também um consequente ato de se coçarem  freneticamente.  O que pode provocar ferimentos com hemorragias e inflamações pustulentas. E que dependendo da quantidade de infestação de moscas Stomoxys calcitranse, e se também não forem devidamente tratados. O quadro clínico pode progredir rapidamente para uma grave infecção bacteriana. Esta enfermidade atinge com maior frequência determinadas raças de cachorros devido a suas caracteristicas físicas, especificadamente em relação ao formato de suas orelhas e a fragilidade e sucessibilidade de seu sistema auditivo a doenças e infecções. Caracteristicas estas, que atraem e facilitam a ação das moscas para parasitar e vitimar os cachorros com as orelhas que tenham esta anatomia. Especialmente os cachorros das raças Pastor Alemão, Pastor Belga, Akita, Husk Siberiano e Cocker. Entretetanto apesar da mosca dos estábulos ter preferência por determinadas raças de cachorros, ela vitima toda as raças incluíndo obviamente os sem raça definida ( vira-latas).  E o seu habitat tanto pode ser a zona rural como os grandes centros urbanos.




Tratamento: O diagnóstico, tratamento e os remédios adequados devem necessariamente ser prescritos por um veterinário. Pois dependendo  do avanço do grau da enfermidade e dos sintomas apresentados pelo cachorro, faz-se necessário a utilização de antibióticos e antiflamatorios.  Para eliminar-se as infecções bacterianas e os edemas pustulentos para a consequente cura definitiva das lesões e da enfermidade. E o uso errado e indevido de medicamentos pode ocasionar graves efeitos colaterais,  prejudicando em muito a saúde do cachorro ou atrasando a sua recuperação e em muitos casos nem curando a enfermidade.  O que pode inclusive levar o cachorro ao óbito devido o perigo das infecções bacterianas se generaliza-rem no seu organismo. Faz-se necessário também  a aplicação de repelentes e pomadas anti-sépticas nos ferimentos, e uma  desinfecção e higienizarão constantes do ambiente em que fica o cachorro.  Especialmente onde ele descansa e/ou dorme para um controle e eliminação da presença das moscas, principalmente as da espécie Stomoxys calcitrans.                                                                        

Cachorros - Mosca Varejeira (Cochiliomyia hominivorax).


Parasitas de Cachorro - Mosca Varejeira (Cochliomyia hominivorax): A mosca que provoca a patologia e a enfermidade Miiase, conhecida vulgarmente como bicheira e da espécie Cochliomyia hominivorax e inicia todo o processo de parasitismo através de suas larvas colocando seus ovos  nas lesões sem tratamento na pele e nos tecidos de suas vitimas, que no caso especifico são os cachorros. Mas esta espécie de mosca (Cochliomyia hominivorax) pode infectar com seus ovos e larvas qualquer animal que esteja a seu alcançe desde pássaros ate repteis  incluindo obviamente os mamíferos.  Bastando para isto que estes animais apresentem as condições propicias como terem lesões no corpo e estarem vulneráveis a sua ação oportunista. A Mosca Cochliomyia hominivorax tem como cor caracteristica o verde metálico, e atinge uma dimensão media que varia entre  1,4 a 1,8cm de comprimento. A mosca Cochliomyia hominivorax tem como habitat tanto as regiões rurais quanto os grandes centros urbanos. Não possuindo predileção especial por nenhuma região tanto rural como urbana, e sendo portanto abundante em ambas.

E após a colocação dos ovos, nas lesões cutâneas de suas vitimas, que ira servir de hospedeira e ser parasitada por suas larvas após a eclosão dos ovos. As larvas da mosca Cochliomyia hominivorax se alimentarão continua e vorazmente dos tecidos expostos pelas lesões sob a pele (Miiase Cutanea). Aumentando e aprofundando em grandes proporções estas  lesões, atingindo os  vasos sanguineos e linfáticos provocando diversas e gravíssimas infecções bacterianas, com as lesões exalando um intenso odor fétido. E que se não forem rápida e devidamente diagnosticadas, tratadas e medicadas por um  veterinário, provocaram rapidamente a morte do cachorro. E as larvas da mosca Cochliomyia hominivorax devido a sua voracidade podem alcançar inclusive os orgões vitais do hospedeiro parasitado (Miiase Cavitaria), causando também quase que imediatamente o óbito do cachorro acometido.                                                                               

E o tratamento e a medicação, do cachorro acometido por este tipo de miiase, conhecida vulgarmente como bicheira, e que é causada pela larva da mosca varejeira. Deve ser feito com o diagnóstico e acompanhamento de um veterinário, e consiste a principio em manter sempre as lesões limpas e higienizadas com soluções antissepitcas. Eliminando-se também a presença da mosca Cochiliomyia hominivorax, e higienizando o ambiente do cachorro para se evitar uma nova infecção. A dois tipos de repelentes sistémicos, um tipo e para ser utilizado também no ambiente juntamente com o material desinfetante para higienização. e o outro tipo e para ser aplicado diretamente no cachorro, em ambos os casos deve-se ter a prescrição e o acompanhamento de um veterinário. Faz-se também necessário a utilização de antibióticos e antiflamatorios também devidamente prescritos e supervisionados por um veterinário, caso as lesões tenham se estendido e se aprofundado no tecido causando infecção bacteriana e inflamação pustulenta no local da lesão. Sendo necessário em certas ocasiões em que a infestação de larvas e muito grande, e a região atingida muito extensa e profunda, fazer-se a extraçao das larvas cicurgicamente, principalmente se as larvas da mosca Cochilioyia hominivorax tiverem alcançado algum órgão.                                                                                                                                                                                                                                      

                                                                                                                                                                                                                                                                      

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!