.

domingo, setembro 05, 2010

Cachorros - Mosca Borrachudo ( Simuliidae).


Mosca Borrachudo (Simuliidae): É a mosca que tem como nome vulgar muriçoca, borrachudo ou pium, sendo porem mais conhecido predominantemente como borrachudo.  Inclui varias espécies da família Simuliidae,  tendo uma dimensão media de 0.7 centímetros de comprimento e sua cor pode variar de cinza, preto ou verde-oliva, e sua área de ocorrência normalmente é a região rural. E somente as fêmeas picam, ou seja somente elas se alimentam do sangue de suas vitimas parasitadas, e alem dos cachorros as fêmeas das moscas desta espécie (Simuliidae) vitimam qualquer animal de sangue quente, inclusive os seres humanos.


Esta mosca tem o habito de picar varias vezes a mesma vitima, podendo inclusive dependendo da quantidade de picadas, causar uma intensa irritação generalizada, sendo possível também de ocorrer uma grande perda de sangue. O diagnóstico, tratamento e medicação devem ser feitos por um veterinário e consiste em tratar das lesões primeiramente com remédios específicos (Antissepiticos e Cicatrizantes) e só após a cura e cicatrização das lesões pode-se usar o repelente pós-cicatrização. O controle e eliminação desta espécie de mosca (Simuliidae) passa por cuidados com acumulos de agua parada.  Entretanto existem alguns tipos de moscas desta espécie que se reproduzem também em agua corrente, o que dificulta o controle sobre sua incidência.                                                                       

Cachorros - Mosca Mutuca (Tabanidae).




Cachorros - Mosca Mutuca (Tubanaide): Esta a a denominação vulgar de uma grande variedade de moscas hematofagas da família Tubanaide.  Elas possuem  uma grande diversidade de tamanho que podem variar de 0.5 a 2.4 centímetros de comprimento e tem como cor caracterisca o preto fosco, e sua ocorrência da-se nas regiões rurais.  Por serem hematofogas e portanto se alimentarem do sangue dos cachorros ou qualquer outra potencial vitima caracteristica. Causam grande irritação, dor e desconforto com suas picadas nos cachorros parasitados, podendo ocasionar anemia e consequente fraqueza debilitando em muito a sua saúde.


   


Causando também lesões com edemas devido ao ato do cachorro se coçar constantemente. O diagnóstico,tratamento e prescrição dos medicamentos devem ser feitos por um veterinário, pois medicamentos inadequados podem prejudicar a saúde do cachorro devido aos seus efeitos colaterais. A principio deve-se tratar as lesões com pomadas antiflamatorias e cicatrizantes e somente após a cura das lesões pode-se usar o repelente pós-cicatrização no cachorro.  e após a aplicação  do repelente deve-se também eliminar a presença da mosca Mutuca (Tubanaide) do ambiente frequentado pelo cachorro com desinfecções e higienizações constantes.


           




                                                                                                                                                                                                                          

Cachorros - Mosca dos Estabulos/Diagnostico/Tratamento.



Cachorros - Mosca dos Estábulos/Diagnostico/Tratamento:  A mosca Stomoxys calcitrans e conhecida vulgarmente como mosca dos estábulos ou mosca do bagaço. Tem como dimensão um comprimento de 1,3 a 1,6 centímetros, e como cor caracteristica o branco e o cinza quadriculados no abdomem. A mosca Stomoxys calcitrans parasita preferencialmente cachorros confinados em canis veterinários ou abrigos para cachorros. A área mais afetada e onde estas moscas tem predileçao são as orelhas, pois elas são atraídas pelo cheiro exalado pela inflamação no ouvido dos cachorros (Otites) e também pelo odor provocado pelo excesso de cera, e a área mais atingida das orelhas são as pontas. A base da cauda também e afetada devido ao odor caracteristico da região próxima ao ânus. Os cachorros parasitados pela mosca dos estábulos (Stomoxys calcitrans) são acometidos por uma forte irritação, o que lhes causa bastante incomodo e desconforto.

Sintomas: As picadas desta espécie de mosca causam nos cachorros uma irritação intensa no local afetado, e também um consequente ato de se coçarem  freneticamente.  O que pode provocar ferimentos com hemorragias e inflamações pustulentas. E que dependendo da quantidade de infestação de moscas Stomoxys calcitranse, e se também não forem devidamente tratados. O quadro clínico pode progredir rapidamente para uma grave infecção bacteriana. Esta enfermidade atinge com maior frequência determinadas raças de cachorros devido a suas caracteristicas físicas, especificadamente em relação ao formato de suas orelhas e a fragilidade e sucessibilidade de seu sistema auditivo a doenças e infecções. Caracteristicas estas, que atraem e facilitam a ação das moscas para parasitar e vitimar os cachorros com as orelhas que tenham esta anatomia. Especialmente os cachorros das raças Pastor Alemão, Pastor Belga, Akita, Husk Siberiano e Cocker. Entretetanto apesar da mosca dos estábulos ter preferência por determinadas raças de cachorros, ela vitima toda as raças incluíndo obviamente os sem raça definida ( vira-latas).  E o seu habitat tanto pode ser a zona rural como os grandes centros urbanos.

Tratamento: O diagnóstico, tratamento e os remédios adequados devem necessariamente ser prescritos por um veterinário. Pois dependendo  do avanço do grau da enfermidade e dos sintomas apresentados pelo cachorro, faz-se necessário a utilização de antibióticos e antiflamatorios.  Para eliminar-se as infecções bacterianas e os edemas pustulentos para a consequente cura definitiva das lesões e da enfermidade. E o uso errado e indevido de medicamentos pode ocasionar graves efeitos colaterais,  prejudicando em muito a saúde do cachorro ou atrasando a sua recuperação e em muitos casos nem curando a enfermidade.  O que pode inclusive levar o cachorro ao óbito devido o perigo das infecções bacterianas se generaliza-rem no seu organismo. Faz-se necessário também  a aplicação de repelentes e pomadas anti-sépticas nos ferimentos, e uma  desinfecção e higienizarão constantes do ambiente em que fica o cachorro.  Especialmente onde ele descansa e/ou dorme para um controle e eliminação da presença das moscas, principalmente as da espécie Stomoxys calcitrans.                                                                                                                                                                                     

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado