.

segunda-feira, setembro 13, 2010

Cachorros - Piolhos (Mastigadores/Malophaga/Tratamento).


Cachorros - Piolhos (Mastigadores/Malophaga/Tratamento): A infestação produzida pelos piolhos mastigadores que são da espécie (Trichodectes canis) igualmente como ocorre aos piolhos sugadores, também denomina-se pediculose. Entretanto a ação nociva parasitaria do piolho mastigador no tecido cutâneo e na saúde do cachorro parasitado é mais intensa, extensa e com maior gravidade. Pois alem de causar uma intensa irritação (Plurido) ao  se alimentarem de resíduos celulares da pele e dos pelos do cachorro acometido pela infestação, os piolhos mastigadores (Trichodectes Canis) assim como os piolhos sugadores transmitem igualmente a dermatite alérgica. E alem disto os piolhos mastigadores também  podem contaminar os cachorros com uma verminose intestinal transmitida pelo parasita Dipillidium caninum. Entretanto alguns cachorros são assintomaticos, não manifestando os sintomas provocados pelo acão parasitaria dos piolhos mastigadores, como uma intensa irritação, e uma grande descamação com lesões no tecido cutâneo.    

O tratamento feito para eliminação da infestação (Pediculose) provocada pelos piolhos do tipo mastigador, tem um procedimento semelhante ao aplicado para eliminação da pediculose provocada pelos piolhos do tipo sugadores. Deve-se primeiramente procurar orientação de um veterinário para um diagnóstico completo e preciso, devido a possíveis contaminações provocadas pelo parasita Dipillidium Caninum. No resto, todo o processo de tratamento é muito parecido. E consiste em aplicar medicamentos de uso externo como loções, xampus e sabonetes específicos, evitando-se igualmente como foi dito anteriormente o uso de ivermectina, devido aos seus graves efeitos colaterais, principalmente em determinadas raças que possuem alta sensibilidade a este medicamento. Deve-se também higienizar e desinfetar os objetos e os locais frequentados pelo cachorro, para que se possa eliminar também os ovos e larvas dos piolhos.                            



                                                                                                                                                          

Cachorros - Piolhos (Mastigadores/Malophaga).


Cachorros - Piolhos (Mastigadores/Malophaga): A infestação produzida pelos piolhos mastigadores que são da espécie (Trichodectes canis) igualmente como ocorre aos piolhos sugadores, também denomina-se pediculose. Entretanto a ação nociva parasitaria do piolho mastigador no tecido cutâneo e na saúde do cachorro parasitado é mais intensa, extensa e com maior gravidade. Pois alem de causar uma intensa irritação (Plurido) ao  se alimentarem de resíduos celulares da pele e dos pelos do cachorro acometido pela infestação, os piolhos mastigadores (Trichodectes Canis) assim como os piolhos sugadores transmitem igualmente a dermatite alérgica. E alem disto os piolhos mastigadores também  podem contaminar os cachorros com uma verminose intestinal transmitida pelo parasita Dipillidium caninum. Entretanto alguns cachorros são assintomaticos, não manifestando os sintomas provocados pelo acão parasitaria dos piolhos mastigadores, como uma intensa irritação, e uma grande descamação com lesões no tecido cutâneo.    

O tratamento feito para eliminação da infestação (Pediculose) provocada pelos piolhos do tipo mastigador, tem um procedimento semelhante ao aplicado para eliminação da pediculose provocada pelos piolhos do tipo sugadores. Deve-se primeiramente procurar orientação de um veterinário para um diagnóstico completo e preciso, devido a possíveis contaminações provocadas pelo parasita Dipillidium Caninum. No resto, todo o processo de tratamento é muito parecido. E consiste em aplicar medicamentos de uso externo como loções, xampus e sabonetes específicos, evitando-se igualmente como foi dito anteriormente o uso de ivermectina, devido aos seus graves efeitos colaterais, principalmente em determinadas raças que possuem alta sensibilidade a este medicamento. Deve-se também higienizar e desinfetar os objetos e os locais frequentados pelo cachorro, para que se possa eliminar também os ovos e larvas dos piolhos.                            



  

Cachorros - Piolhos (Sugadores/Anoplura/Tratamento).



Cachorros - Piolhos (Sugadores/Anoplura/Tratamento): Os piolhos são parasitas hematofogos que tambem tem entre as suas vitimas os cachorros, causando-lhes grande desconforto e tambem graves enfermidades, como dermatites alérgicas e verminoses. E a transmissão se da pelo contato direto entre os cachorros ou por objetos utilizados ou  locais  habitados pelos cachorros parasitados. Inclusive os tipos de piolhos que parasitam os cachorros não afligem aos seres humanos, que são parasitados por piolhos de outra espécie, e a transmissão e o parasitismo destes tipos de piolhos ( Anoplura/Malophaga) ocorre somente entre os cachorros. E são estes os dois tipos de piolhos que parasitam preferencialmente os cachorros, o tipo conhecido vulgarmente como sugador(Anoplura), e o mastigador(Malophaga). 

E o parasitismo destes tipos de piolhos se não for devidamente tratado pode se transformar rapidamente em uma infestação (Pediculose), entretanto os piolhos não conseguem viver mais que alguns dias sem poder parasitar seu hospedeiro. E os piolhos sugadores podem causar nos cachorros parasitados uma intensa irritação, ocasionando-lhes uma grande agitação e desconforto, e tendo como consequencias também a queda de pelos e a dermatite alergica. Que quando não tratadas, podem evoluir para lesões cutâneas produzidas pelo próprio cachorro, devido ao ato constante de se coçar. E os cachorros vitima-dos por uma grande infestação de piolhos (Pediculose), geralmente apresentam um odor forte, que inclusive é caracteristico dos cachorros acometidos pela pediculose. 

Cachorros vitimados por infestação de piolhos (Pediculose) normalmente habitam ou frequentam locais com péssimas condições de higiene, ou abrigos caninos com excesso de população, ou são cachorros abandonados que vivem (existem/habitam)  nas ruas. Condição estas  que os torna suscetiveis de serem acometidos e por consequencia transmissores de diversos outros parasitas e enfermidades. Então deve-se tomar todos as preucações e cuidados até durante um simples passeio com seu cachorro nas ruas. E a pediculose, que é uma forte infestação de piolhos, mesmo sendo uma condição parasitaria de grande intensidade, e que causa diversos efeitos nocivos aos cachorro e também a sua saúde. É entretanto uma infestação parasitaria com um tratamento relativamente facil, e com uma simples e rápida solução. 

Mesmo assim deve-se consultar um veterinário antes de proceder o tratamento, e só utilize medicamentos prescritos pelo mesmo. Inclusive há atualmente no mercado diversos medicamentos de uso externo como xampus, loções e sabonetes específicos de fácil utilização e com resultados otimos, rápidos e eficazes. No entanto, deve-se evitar o uso de Ivermectina devido aos fortes efeitos colaterais provocados, principalmente em determinadas raças mais sensíveis aos afeitos deste medicamento. E juntamente com a utilização dos medicamentos tópicos, faz-se necessário também a desinfecção e higienização dos objetos utilizados pelo cachorro ( Casa,Toalhas,Camas,tapetes, brinquedos, etc..) e também do seu ambiente, para que se possa eliminar todos as fases de vida do piolho, do ovo. da fase larval ate o piolho adulto.                             
                                                                                                                   

Cachorros - Piolhos (Sugadores/Anoplura).



Cachorros - Piolhos (Sugadores/Anoplura): Os piolhos são parasitas hematofogos que tambem tem entre as suas vitimas os cachorros, causando-lhes grande desconforto e tambem graves enfermidades, como dermatites alérgicas e verminoses. E a transmissão se da pelo contato direto entre os cachorros ou por objetos utilizados ou  locais  habitados pelos cachorros parasitados. Inclusive os tipos de piolhos que parasitam os cachorros não afligem aos seres humanos, que são parasitados por piolhos de outra espécie, e a transmissão e o parasitismo destes tipos de piolhos ( Anoplura/Malophaga) ocorre somente entre os cachorros. E são estes os dois tipos de piolhos que parasitam preferencialmente os cachorros, o tipo conhecido vulgarmente como sugador(Anoplura), e o mastigador(Malophaga). 

E o parasitismo destes tipos de piolhos se não for devidamente tratado pode se transformar rapidamente em uma infestação (Pediculose), entretanto os piolhos não conseguem viver mais que alguns dias sem poder parasitar seu hospedeiro. E os piolhos sugadores podem causar nos cachorros parasitados uma intensa irritação, ocasionando-lhes uma grande agitação e desconforto, e tendo como consequencias também a queda de pelos e a dermatite alergica. Que quando não tratadas, podem evoluir para lesões cutâneas produzidas pelo próprio cachorro, devido ao ato constante de se coçar. E os cachorros vitima-dos por uma grande infestação de piolhos (Pediculose), geralmente apresentam um odor forte, que inclusive é caracteristico dos cachorros acometidos pela pediculose. 

Cachorros vitimados por infestação de piolhos (Pediculose) normalmente habitam ou frequentam locais com péssimas condições de higiene, ou abrigos caninos com excesso de população, ou são cachorros abandonados que vivem (existem/habitam)  nas ruas. Condição estas  que os torna suscetiveis de serem acometidos e por consequencia transmissores de diversos outros parasitas e enfermidades. Então deve-se tomar todos as preucações e cuidados até durante um simples passeio com seu cachorro nas ruas. E a pediculose, que é uma forte infestação de piolhos, mesmo sendo uma condição parasitaria de grande intensidade, e que causa diversos efeitos nocivos aos cachorro e também a sua saúde. É entretanto uma infestação parasitaria com um tratamento relativamente facil, e com uma simples e rápida solução. 

Mesmo assim deve-se consultar um veterinário antes de proceder o tratamento, e só utilize medicamentos prescritos pelo mesmo. Inclusive há atualmente no mercado diversos medicamentos de uso externo como xampus, loções e sabonetes específicos de fácil utilização e com resultados otimos, rápidos e eficazes. No entanto, deve-se evitar o uso de Ivermectina devido aos fortes efeitos colaterais provocados, principalmente em determinadas raças mais sensíveis aos afeitos deste medicamento. E juntamente com a utilização dos medicamentos tópicos, faz-se necessário também a desinfecção e higienização dos objetos utilizados pelo cachorro ( Casa,Toalhas,Camas,tapetes, brinquedos, etc..) e também do seu ambiente, para que se possa eliminar todos as fases de vida do piolho, do ovo. da fase larval ate o piolho adulto.                             
                                                                                                    

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado