terça-feira, outubro 26, 2010

Cachorros - Ossos/Proteinas.




Cachorros - Ossos/Proteinas: O Colágeno  é uma proteína estrutural, complexa  e que possui um peso molecular muito elevado. E mantêm a força e a flexibilidade da pele, , dos músculos, gengiva, dentes, olhos, vasos sangüíneos, unhas e cabelos. Porem esta proteína de alta resistência, é encontrada principalmente e em maior quantidade, compondo estruturalmente as cartilagens, os ligamentos, os ossos e os tendões.  Pois as escleroproteínas ou proteínas fibrosas são essências na  estrutura os ossos.  E os aminoácidos que compõem o colágeno em maior quantidade são, a hidroxiprolina, o ácido aspártico, a treonina, a serina, o ácido glutâmico, a prolina, a glicina, a alanina, a valina, a metionina, a isoleucina, a leucina, a tirosina, a fenilalanina, a hidroxilisina, a lisina, a histidina, e a arginina. Pois a partir de determinada faixa etária, o organismo dos cachorros começa a diminuir a produção de colágeno.


Em contraposição à necessidade constante dessa importante molécula no processo de reposição, juntamente com o calcio, na estrutura e na massa ossea. Com a diminuição do colágeno, diminui consequentemente a densidade dos ossos, as articulações e ligamentos perdem a elasticidade e a força, a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa. A deficiência de colágeno no organismo denomina-se colagenose, acarretando predominantemente alguns graves problemas como má formação óssea,osteopenia, oeteoporose, problemas de crescimento, inflamação nos tendões,  ligamentos e articulações entre outros. Existem diversos tipos de colágeno, sendo esta a proteína mais abundante do organismo, e é produzido através do entrelaçamento de cadeias peptidicas de aminoácidos, formando então as fibras colágenas. Essas fibras se encontram em todas as células, e auxiliam significadamente no processo de cicatrização e regeneração nos casos de lesões na pele e fratura ou quebra dos ossos. 

Cachorros - Sistema Imunologico/Aminoacidos.





Cachorros - Sistema Imunologico/Aminoacidos: O funcionamento adequado do sistema imunologico  dos cachorros é fortemente influenciado pelo estado nutricional de seu organismo e pelos nutrientes ingeridos em sua alimentação. A ingestão de  macronutrientes principalmente aminoacidos ( proteinas) e micronutrientes de baixa qualidade resulta em um efeito supressor (diminuição) das funções imunologicas, aumentando de forma abrangente e significativa os riscos de infecções. São E são diversos os macronutrientes que apresentam propriedades moduladoras do sistema imunológico, como alguns aminoácidos não-essenciais, que são produzidos pelo organismo como a arginina e a glutamina, que podem se tornar essenciais em condições de estresse e apresentar importante efeito no funcionamento da resposta imunológica. 


Exercendo tambem importante efeito modulador em funções imunes, alteram a expressão de moléculas de superfície e produção de citocinas, além de participarem na síntese de mediadores inflamatórios, A arginina aumenta a atividade de células exterminadoras naturais, linfócitos e macrófagos, ajuda no tratamento de tumores e melhora a resposta tardia à hipersensibilidade. A glutamina é uma importante fonte energética para células do sistema imunologico e a sua deficiência ésta associada com uma disfunção imunologica e uma maior incidencia de mortalidade em cachorros em estado de saude crítica. Portanto uma alimentação que contenha todos os aminoacidos (proteinas) necessarios para um bom funcionamento do sistema imunologico é essêncial para a saude e longevidade dos cachorros.



Cachorros - Sistema Imunologico/Vitaminas do Complexo B.



Cachorros - Sistema Imunologico/Vitaminas do Complexo B: As vitaminas do Complexo-B são constituidas essencialmente pelas 8 (oito) principais vitaminas deste complexo vitaminico, que são a niacina (B3), o ácido pantotênico (B5), a vitamina B6, a riboflavina (B2), a tiamina (B1), o ácido fólico (B9), a biotina (B8), e a vitamina B12. e estas vitaminas que fazem parte do complexo B, tem propriedades funcionais  que favorecem a saúde dos cachorros de um modo geral, atuando positivamente no metabolismo e nas condições da pele, do cabelo, dos músculos, do sistema nervoso,  auxiliam na manutenção da função supra-renal e principalmente no fortalecimento do sistema imunológico, pois as vitaminas do complexo B auxiliam o sistema imunológico a funcionar de forma correta e eficiente. As vitaminas B6 e B12 dão suporte à formação de anticorpos e podem reduzir a gravidade de alergias respiratórias, o ácido fólico (vitamina B9) ajuda a manter fortes aquelas primeiras linhas de defesa (pele, pulmões e intestino) para que possam combater invasores e infecções. 


E deficiências de vitamina B no organismo do cachorro, podem baixar significadamente a sua resistência imunologica, e cachorros que tenham uma alimentação deficiente, e com carência de vitamínas do complexo B, devido a sua desnutrição podem ter uma baixa resistência imunologica, podendo ficar suscetiveis a adquirir diversas infecções viroticas e bacteriologicas. No entanto, os cachorros que têm uma alimentação proveniente de uma ração equilibrada e com nutrientes de boa qualidade, certamente estão supridos das vitaminas do complexo B, e tem consequentemente uma maior resistência imunologica, contra infecções em geral. Somente forneça a seu cachorro, suplementos alimentares ou vitaminicos, com a prescrição e orientação veterinaria.

Cachorros - Sistema Imunologico/Vitamina C:



Cachorros - Sistema Imunológico/Vitamina C:  A função essêncial do sistema imunológico a principio consiste em identificar todos os tecidos, células e proteínas que fazem parte e constituem o organismo para distingui-los da infinita variedade de agentes patogénicos e substâncias estranhas que possam tentar invadir este mesmo organismo. Neste processo os linfócitos T, que são células que fazem parte dos glóbulos brancos sanguíneos ( leucócitos) são fundamentais, e durante o processo de desenvolvimento fetal, o sistema imunológico adquire a capacidade de distinguir as substâncias que pertencem ao organismo, mantendo desactivados os linfócitos T.


Porem quando um agente estranho, como uma infecção por bactérias invade este organismo, essas células são ativadas com o propósito de defender este mesmo organismo contra a presença destas infecções, e suas consequencias nocivas no organismo. E desde o momento que nascem, os cachorros estão sujeitos e expostos a diversas infecções através de bactérias, vírus, fungos e outras substâncias estranhas que podem agredir o seu organismo, atacando-o instantaneamente e a qualquer momento. Entretanto, para se defender dos ataques destes agentes patogênicos e das respectivas infecções provocadas por estes no organismo dos cachorros, dispõem do seu sistema imunológico. 


Que é constituído por células específicas (linfócitos T), que agem de forma semelhante ao sistema imunológico de outros animais. Entretanto o sistema imunológico pode muitas vezes ficar fragilizado e debilitado, deixando o cachorro vulnerável e suscetível a adquirir diversas infecções. E um dos fatores que podem ocasionar o enfraquecimento do sistema imunológico, é uma alimentação com deficiência nutricional, principalmente com a carência de vitamina C (Ácido Ascórbico). Que é uma vitamina muito importante para a produção de colágeno, colaborando para a formação dos dentes e ossos e também no processo de cicatrização, auxilia na absorção do ferro, atua como anti -oxidante e também tem uma influência fundamental no sistema imunológico, estimulando a atividade dos leucócitos. 


E a vitamina C que e um poderoso agente anti-oxidante, estimula significadamente a resistência do organismo às infecções através da atividade imunológica dos leucócitos. Aumentando a produção dessas células de defesa, que um tem efeito direto defensivo e destrutivo sobre as bactérias e os vírus, aumentando substancialmente a resistência do organismo as infecções em geral. E as melhores fontes naturais de vitamina C, são a acerola, as frutas cítricas (limão, laranja, lima), o kiwi, o caju, o morango, o tomate e vegetais como couve, repolho e pimentão verde, porem a vitamina C, se deteriora rápido e facilmente na presença do oxigênio, da luz e do calor. Entretanto, somente utilize vitaminas ou complexos vitaminicos com a prescrição e o acompanhamento do veterinário. 

Cachorros - Sistema Imunologico/Vitaminas.




Cachorros - Sistema Imunologico/Vitaminas: O organismo dos cachorros esta a todo momento naturalmente exposto a agressão de bactérias, vírus, fungos e outras substâncias estranhas e possivelmente nocivas. Entretanto, para combater estas agressões o organismo dos cachorros é naturalmente equipado e dispõem do seu complexo sistema imunológico, que são um tipo de células específicas que se agrupam, e estão sempre alertas e prontas para defender o organismo contra infecções ou agentes estranhos. A função do sistema imunológico consiste a principio em reconhecer cada um dos tecidos, células, e proteínas do organismo para distingui-las de uma ampla variedade de agentes patogênicos e substâncias estranhas, para então combaten-los, destrui-los e se opondo natural e automaticamente a sua presença no organismo dos cachorros. 


Neste processo, os linfócitos T, células pequenas que fazem parte dos glóbulos brancos sangüíneos ou leucócitos, têm grande importância. É por este motivo que os linfócitos estão sempre presentes em áreas com inflamação crônica, pois estão  exercendo a sua função imunológica, contudo o sistema imunologico pode casualmente ficar fragilizado e debilitado, deixando o organismo vulnerável e suscetível à agentes estranhos, infecções bacteriologicas, viroses, que podem evoluir para doenças mais sérias, como infecções generalizadas e até mesmo o câncer. E entre os fatores que podem desencadear problemas no sistema imunológico, pode-se citar doenças hereditarias, intoxicações, amamentação deficiente, alimentação desequilibrada entre outras.  


Um cachorro bem nutrido, que amamentou e se alimenta de forma completa e adequada, se nutrindo com uma ração de boa qualidade, está melhor preparado para enfrentar  infecções, agentes extranhos e outras doenças do que um cachorro mal nutrido, cuja alimentação é de má qualidade e consequentemente deficiente principalmente de proteinas, vitaminas e sais minerais que potencializam as defesas orgânicas. As principais vitaminas e minerais que atuam fortalecendo o sistema imunológico são as vitaminas A, C, E e ácido fólico e os minerais zinco e selênio. A seguir mostraremos quais são as principais funções imunológicas de cada um desses nutrientes, sendo que estes nutrientes estão presentes nas rações de boa qualidade. 


Vitamina A - Essa vitamina apresenta um papel muito importante na manutenção da integridade das membranas mucosas. Por isso, a sua deficiência no nosso organismo provoca uma redução do número de linfócitos T circulantes, aumentando a probabilidade de infecções bacterianas, virais ou parasitárias. 


Vitamina C - Essa vitamina antioxidante estimula a resistência às infecções através da atividade imunológica de leucócitos. Ela aumenta a produção dessas células de defesa, que tem efeito direto sobre bactérias e vírus, elevando a resistência a infecções. 


Vitamina E - Essa vitamina tem a capacidade de interagir com as vitaminas A e C e com o mineral selênio, agindo como antioxidante. Sua função primordial é proteger as membranas celulares contra substâncias tóxicas, radiação e os radicais livres que são liberados em qualquer reação química do organismo e podem causar sérios danos às estruturas das células, 


Ácido fólico - Essa vitamina é essencial para a formação dos leucócitos (glóbulos brancos) na medula óssea.


Zinco - Esse mineral atua na reparação dos tecidos e na cicatrização de ferimentos. Uma deficiência de zinco resulta em diversas doenças imunológicas; a deficiência grave causa linfopenia (grande diminuição do número de linfócitos). 


Selênio - Assim como a vitamina E, esse mineral possui grande capacidade antioxidante, ou seja, neutraliza a ação dos radicais livres   evitando o desencadeamento de algumas formas de câncer. 
Somente forneça vitaminas ou suplementos vitaminicos aos cachorros, com orientação veterinaria, e para maiores informações e esclarecimentos, consulte um veterinario.



COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!