.

sexta-feira, dezembro 17, 2010

Cachorros - Adotar é tudo de Bom.



Cachorros - Adotar é tudo de Bom: È muito grande o número de cachorros abandonados na rua, infelizmente, e segundo estimativas de entidades e organizações protetoras de animais existem aproximadamente 28 milhões de cachorros abandonados, sendo que ao menos 60% destes cachorros ainda conseguem ser recolhidos em abrigos, entretanto 90% destes cachorros não serão adotados e nunca conseguiram sair dos abrigos, tendo que viver precariamente, devido a grandes dificuldades como carência de recursos financeiros e de pessoal e também falta de apoio geral aos abrigos de animais abandonados, tanto por parte dos governos, quanto por parte das pessoas e empresas.


E por isto que é louvável a atitude e a iniciativa da Pedigree em lançar uma campanha de adoção de cachorros e auxilio financeiro aos abrigos de cachorros, o que certamente e um grande auxilio e estimulo para começar a mudar para melhor esta triste e cruel realidade. A campanha é super interessante e beneficia um grande numero de abrigos pré-selecionados e cadastrados, a qual se inicia com a venda dos produtos Pedigree, isto é, a cada produto vendido desta marca, é realizada uma doação para auxiliar os abrigos de cachorros participantes da campanha, e a nova meta da empresa é alcançar o valor de mais de 1 milhão de reais em doações até o final de 2010. Desde o início da campanha em 2008 já foram adotados mais de 13 mil cães em todo o Brasil.


E a empresa tem a finalidade de duplicar, triplicar, enfim, aumentar ainda mais este número de finais felizes através do sistema denominado de pilares da campanha, o qual é divido em três pilares: sensibilizar, conscientizar e mobilizar; educar sobre a posse responsável; e a parceria nacional com as ONGs. Para tais planos é necessário atingir o maior número de pessoas possíveis, assim existe o plano de comunicação denominado de 360 graus, que se inicia desde os funcionários da empresa, passando pela mídia e chegando até os adotantes. De acordo com dados recentes passados pela representante da Pedigree na palestra, são mais de 38 ONGs cadastradas, no entanto, o cadastramento das ONGs na campanha não é tão simples quanto parece.


Sendo que é preciso que as mesmas se enquadrem em todas as exigências e critérios de seleção, como espaço, saúde animal, veterinário próprio e iniciativa, sendo esta última forma de incentivar a população a adotar cachorros abandonados, sejam através de feiras, exposições, passeatas e de outras formas. As ONGs cadastradas na campanha ‘Adotar é tudo de bom’ recebem uma bonificação a cada adoção realizada para que tal ato seja incentivado ainda mais e que a ONG abra espaço para mais um cachorro que se encontra na rua, sendo esta bonificação, um saco de ração Pedigree de 10kg. Já a pessoa que adota o animal através de uma das ONGs cadastradas passa por uma triagem, isto é, há um super controle quanto a estes cachorros.


E como brinde e incentivo pela adoção, recebe um kit Pedigree. Para o grande sucesso  da campanha é necessário envolvimento de toda a cadeia, como já dito, desde seus funcionários, passando pela população e por fim, à adoção. Assim, a presença de artistas vestindo a camisa da campanha ‘Adotar é tudo de bom’ é de grande importância, o que proporciona maior força e incentivo, principalmente para seus fãs. Além disso, através do site oficial da campanha (www.adotaretudodebom.com.br) é possível visualizar todos os finais felizes, visualizar todas as ONGs cadastradas, procurar um cão conforme suas características (tamanho, sexo, pelo e idade), participar do fórum e conversar com outros apaixonados por animais.


Conhecer a várias formas de ajudar a campanha, visualizar os selos para inserção em blogs e muito mais. Parabéns a Pedigre pela nobre iniciativa, e que campanhas como esta se multipliquem e sirvam não somente para prestarem socorro aos cachorros desprezados e abandonados de forma cruel e covarde na rua e auxiliarem os abrigos e organizações protetora dos animais, mas principalmente para concientizar as pessoas a participarem ativamente adotando cachorros e outros animais abandonados, fazendo doações para entidades protetoras e abrigos de animais abandonados.


Já que existe o habito comum e frequente de contribuir financeiramente com as religiões, o que é louvável e respeitável. Por que não se criar também o habito de ajudar aos cachorros e outros animais abandonados, pois são criaturas emotivas, sensíveis, fies e que amam e se apegam as pessoas, mas são totalmente dependentes e não sabem sequer falar, quando são abandonadas por estas mesmas "pessoas" pura e simplesmente na rua, como se fossem uma coisa, um lixo descartavel e muitas vezes estes cachorros ainda se encontram  doentes e debilitados.


É difícil até de acreditar que uma "pessoa" seja capaz de tamanho covardia e crueldade, mas esta e a triste realidade atual, e para muda-la não basta somente ter pena ou se indignar, tem que participar ativamente, criando o habito de ajudar as entidades ou abrigos para cachorros e outros animais, ou doando dinheiro ou ração, ou até mesmo adotando um cachorro abandonado da rua ou dos abrigos, e assim transformar-mos positivamente esta realidade cruel que aflige milhares de cachorros e outros animais abandonados. Para você pode ser apenas uma ação nobre e um bicho que você vai dedicar um tempo e dar agua e ração, mas para o cachorro com certeza absoluta você será o "tudo" da vida dele.        



COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado