.

terça-feira, abril 26, 2011

Dalmata - Cachorros.



Dálmata - Cachorros: O fato de ter maior ou menor número de manchas não tem qualquer relevância, desde que não estejam juntas. As orelhas são predominantemente pretas e o focinho branco. A cauda apresenta com frequência um movimento em arco e, embora mais raramente, algumas manchas pequenas. O seu aspecto nobre e esbelto torna o Dálmata um cachorro elegante. A pelagem desta espécie é curta, dura, densa, fina, lisa e brilhante, mas os elementos mais importantes são dados pela cor (sempre branca) e pelas manchas (que podem ser de cor castanha ou pretas). Os Dálmatas são cachorros bastante inteligentes que nos conseguem transmitir os seus desejos com expressões corporais e latidos. Normalmente dão-se bem com outros animais, havendo sempre algumas exceções. 




Por norma é um cachorro amistoso e calmo, mas atenção que por de traz das pintas e de um aspecto amigável, por vezes podem ser cachorros que não dão muita confiança a estranhos, sendo por isso também um bom guarda. A história de sua origem é bastante remota, é uma raça bastante antiga, e esse é um dos fatores que a tornam um pouco confundível atribuindo-lhe vários países de origem. Alguns pesquisadores afirmam que a raça tenha se originado no Egito antigo, onde o cachorro aparece em imagens sobre as tumbas dos faraós. Outros afirmam que a raça seja originária da região da Dalmácia (atual Croácia), afirmando também que o nome da raça advém do nome da região. 




O Dálmata era um cachorro vistoso, atribuindo-lhe um estatuto de cachorro preferido pela nobreza, e era utilizado para acompanhar as carruagens para as proteger de supostos ataques. É um cachorro que se dá bem com cavalos, já que estes fazem também um pouco parte dos seus primeiros desenvolvimentos como raça. Tanto que tornou-se mascote dos bombeiros americanos (resquício do tempo em que os caminhões de bombeiros eram puxados por cavalos). A raça tambem é muito popular, e tal popularidade pode ser atribuída em grande parte pelo livro 101 Dálmatas da escritora Dodie Smith, cuja história celebrizou-se quando Walt Disney lançou um desenho animado baseado no livro "Os 101 Dálmatas", em 1961. O filme relata como a milionária do mundo da moda, Cruela De Ville obcecada pela combinação entre o pelo branco e as pintas da raça de dálmata. 




Decide então raptar diversos filhotes, em toda a Inglaterra para fazer um belo casaco, e entre esses filhotes estavam a cria de Pongo e Perdita, dois belos dálmatas que partem numa viagem cheia de aventuras para salvar seus filhotes, mas acabam se vendo em sérios perigos, ao descobrir que terão de levar consigo 100 filhotes raptados. E sobre os cuidados dispensados aos Dálmatas, eles são cachorros resistentes e que se adaptam bem a qualquer temperatura, mas por vezes são submissos a problemas de pele e pelo, tendo de andar bem vigiados nesse sentido, e uma escovação por semana é o suficiente, já que o seu pêlo é forte e curto. Outro problema é a surdez, sendo esta raça é bastante afetada por esta característica. É um cachorro que necessita fazer bastantes exercícios físicos diários, para poder gastar toda a sua energia, é uma raça tambem muito propícia a problemas cardíacos, renais e articulares.







Aprenda os Segredos dos Melhores Adestradores ...!

Finalmente! Você poderá adestrar e educar o seu cachorro, com apenas alguns treinamentos básicos, fáceis e de simples execução. 
E o seu cachorro irá lhe obedecer fielmente de uma forma facil e natural.

Você mesmo poderá ensiná-lo a deixar de destruir suas coisas, a latir só quando necessário, ou o melhor a fazer suas necessidades no lugar correto e ainda irão passear sem arrastar você junto...





COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado