.

segunda-feira, maio 09, 2011

Perdigueiro Português - Cachorros.



Perdigueiro Português - Cachorros: A raça do cachorro Perdigueiro Português surgiu a partir do Perdigueiro Peninsular, que era uma antiga raça de cachorros da península ibérica, e o Perdigueiro Português tem a sua presença registrada e documentada desde o início do século XII. E sua evolução resultou de vários fatores que foram fundamentais como, adaptação ao clima, tipo de caça, terreno e selecção introduzida através da especificidade cultural portuguesa. E já no século XIV, era criado nos canis reais, sendo então muito utilizado na caça de altaria, sendo conhecido como podengo de mostra, evidenciando já a possibilidade de parar perante a caça.



E no século XVI, já com o nome de Perdigueiro, tornou-se um cachorro de caça muito popular entre as classes mais baixas da sociedade. Sendo que no século XVIII, muitas famílias inglesas estabeleceram presença na região do Porto, devido ao prospero e lucrativo negócio proporcionado  pela produção de vinho. E estas famílias inglesas tomaram contato e apreciaram muito a raça, e levado-a posteriormente para Inglaterra, onde desempenharam um papel importante na origem do Pointer Inglês. No entanto, durante o século XIX, quando Portugal atravessava dificuldades económicas e sociais consideráveis, a raça começou um declínio progressivo.



E foi somente em 1920 que alguns criadores fizeram um esforço para salvar a raça, localizando alguns dos remanescentes da legítimos raça no inacessível norte de Portugal. E o livro português de pedigree foi então estabelecido em 1932, e o padrão da raça em 1938, sendo que durante pelo menos mil anos, este cachorro teve sempre a mesma cabeça quadrada, orelhas triangulares e aspecto compacto. O Perdigueiro Português é um cachorro extremamente meigo e afectivo, dotado de grande capacidade de entrega e muito resistente, é calmo, bastante sociável e um pouco petulante em relação aos outros cachorros. Trabalha com vivacidade e persistência.  E é curioso por natureza, mantém sempre o contacto com o seu caçador, movimenta-se com passadas leves e é muito garboso.



É polivalente nas suas funções e muito adaptável aos variados terrenos, climas e tipos de caça. Apresenta-se em proporções médias, rectilíneo, tipo bracóide, robusto mas de conformação harmónica aliada a sua elasticidade nos movimentos. E sua cabeça é bem simétrica e proporcional em relação ao corpo, bem conformada e harmónica, aparenta ser grande no conjunto e um pouco grossa, no entanto não é ossuda nem empastada e possui pele flácida e fina. A pelagem é curta e grossa na maioria dos cachorros, sendo de textura aveludada nas orelhas e na face, e de cor amarela nas variedades clara, comum e escura, unicolor ou malhada de branco na cabeça, pescoço, peito e calçado. Nos machos, a altura na cernelha é de 52 a 60 centímetros, o peso é de 20 a 27 quilos, e nas fêmeas, a altura é de 48 a 56 centímetros e o peso é de 16 a 22 quilos.




Aprenda os Segredos dos Melhores Adestradores ...!

Finalmente! Você poderá adestrar e educar o seu cachorro, com apenas alguns treinamentos básicos, fáceis e de simples execução. 
E o seu cachorro irá lhe obedecer fielmente de uma forma facil e natural.

Você mesmo poderá ensiná-lo a deixar de destruir suas coisas, a latir só quando necessário, ou o melhor a fazer suas necessidades no lugar correto e ainda irão passear sem arrastar você junto...




COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado