.

domingo, junho 19, 2011

Pastor Romeno dos Cárpatos - Cachorros.


Pastor Romeno dos Cárpatos - Cachorros: O pastor romeno dos Cárpatos, originalmente chamado ciobanesc romanesc carpatin, é uma raça originária da Romênia ainda não reconhecida pela Federação Internacional de Cinologia. No entanto, em 2005, a raça recebeu uma homologação temporária do comitê avaliador. Com expectativa de vida beirando os quatorze anos, possui temperamento considerado corajoso e devotado ao dono. Historicamente, foi por séculos usado como cão de guarda em seu país de origem.

Mastim Espanhol - Cachorros.


Mastim Espanhol - Cachorros: O Mastim Espanhol (em espanhol Mastín español) é um cão natural da Espanha, saído das regiões de Cantábria, Castela e Leão, Extremadura, Zamora e Astúrias. É comumente utilizado como cão de guarda e pastoreio. Historicamente a criação e migração dessa raça está relacionada aos rebanhos mantidos pelos antigos povos espanhóis. Desde o seu surgimento, o mastim acompanhava os pastores protegendo e guardando os rebanhos dos lobos durante as estações de movimentação, na qual os homens levavam seus rebanhos de uma localidade a outra para pastarem. Fosse em fazendas, pessoas ou propriedades, este canino executava e executa sua função de protetor da mesma maneira.Este é um animal mais comprido que alto, porém de estrutura óssea compacta. É ainda classificado como forte, resistente e musculoso, de latido forte e inteligente. Sua pelagem é densa e de tamanho médio. Seus exemplares tem o tamanho mínimo de 72 cm.

Barrocal Algarvio - Cachorros.


Barrocal Algarvio - Cachorros|: O cão do Barrocal Algarvio é uma raça de cão de Portugal, e é Raça oriunda dos tempos faraônicos, de uma raça - o galgo egípcio - que foi difundido por toda a bacia mediterrânica, por fenícios e berberes. Alcançou grande prosperidade entre os habitantes do
Algarve, a região mais a sul de Portugal continental, sobretudo a nível da sub-região do Barrocal,
que apresenta características geofísicas sui generis. Sua principal presa, era o coelho bravo,
bastante comum na região de pedras e clima inóspito. Este foi o habitat onde ao longo de gerações de
caçadores foi-se apurando os instintos cão. Na década de 1960, esteve à beira da extinção devido a
introdução em massa de cães de outras raças.
Atualidade
José Afonso Correia, considerado veterano matilheiro do Algarve, iniciou uma tentativa de
recuperação e reintegração da raça, nascia a Associação de Criadores do Cão do Barrocal Algarvio,
onde ficou decido entre outras informações, a denominação Cão do Barrocal Algarvio enfatizando sua
identificação geográfica.
Características
Possui pêlos compridos e macios, em especial na cauda. Notável caçador, tanto em acoamento como
montarias, o Cão do Barrocal Algarvio foi usado ao longo dos tempos pelos caçadores do Algarve.
Morfologia
Cabeça – Levantada, leve e fina, com stop ligeiramente pronunciado. O crânio é um pouco mais curto o
chanfro nasal;
Olhos – Semi-oblíquos em forma de amêndoa, devido à intensidade de iluminação solar da região. O cor
predominante é o castanho;
Orelhas – Implantação alta, eretas e pontiagudas piramidal;
Pescoço – Médio comprimento;
Linha dorsal – semi-arqueada;
Tórax – de média profundidade;
Membros – Secos, fortes;
Ventre – ligeiramente arregaçado;
Cauda – comprida, chegando abaixo dos corvilhões, em alerta, forma uma bandeira, daí a designação de
cão Abandeirado.
Pêlo – liso e médio, muito macio.
Cores – Amarelos (claro, escuro e fulvo), preto, castanho (claro e escuro), branco unicolor ou
malhado, conjugando qualquer das cores anteriores;
Altura – Macho 45/55 cm; fêmea 40/50 cm;
Peso – Macho 20/25 kg; fêmea 15/20 kg.

Cão Lobo de Sarloos - Cachorros.


Cão Lobo de Sarloos - Cachorros: O Sarloos Wolfhound é uma raça de cachorros que tem origem holandesa datada de 1921. E é um híbrido de um exemplar de Pastor Alemão macho com um exemplar de lobo Asiático fêmea, esse cruzamento foi realizado pelo criador holandês, Leendert Saarloos, em uma tentativa de gerar um cachorro imune à cinomose. E sua aparência geral, é a de uma raça de porte grande, com um corpo forte e musculoso, seu focinho é alongado e suas orelhas pontudas ficam sempre eretas. O Saarloos Wolfhound pode chegar a medir até 76 cm, e pesar aproximadamente 45 kg. 

E seu pelo, curto e denso, é uma excelente proteção contra o frio. As cores aceitas para essa raça são o preto, o bege, o avermelhado (ou marrom), o branco, o prateado ou o azul-claro (ou cinza). E quanto ao seu temperamento, o Saarloos Wolfhound é muito inteligente e enérgico, sendo inclusive bastante apropriado para criadores experientes em raças do grupo dos cachorros pastores, precisa tambem de muito espaço para se exercitar. Porem devido a ter herdando as características dos lobos, essa raça é bastante cautelosa e reservada, porém não apresenta a  agressividade ou a ferocidade dos lobos. E sua saúde geralmente é muito boa, sendo considerado um cachorro bastante resistente e rustico, embora possa ter alguns problemas oculares provenientes de sua herança genética. 






COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado