.

sábado, julho 16, 2011

Cachorros - Castração/Cuidados.


Cachorros - Castração/Cuidados: Com muita superação, dedicação e trabalho, a ignorância das pessoas, devido ao desconhecimento dos fatos e os respctivos mitos e preconceitos criados em relação a castração foram superados, e as pessoas em geral e tambem o poder publico passaram a ver, aceitar e a utilizar o procedimento da esterilização como uma das principais soluções para diminuir e minimizar o grande e grave problema que é o abandono de cachorros, em todas as grandes cidades do Brasil. No entanto, é necessário, e imprencindivel tambem que as pessoas em geral fiquem alertas a respeito da importância da qualidade e da segurança proporcionadas aos cachorros durante estes procedimentos. Pois devido ao aumento da procura, e a consequente popularização deste método eficiente, pratico e definitivo de se evitar a gestação indesejada, e a consequente explosão populacional dos cachorros. Acarretou o aparecimento generalizado de campanhas de castração, com mutirões de profissionais nem sempre “aptos”, e em condições nem sempre seguras e adequadas para a realização de cirurgias.   E estas são questões que não podem, nem devem serem ignoradas por ninguem, tanto os responsáveis pelos cachorros, quanto os profissionais responsáveis que coordenam e organizam estes eventos e tambem os profissionais que realizam os procedimentos cirurgicos de esterelização dos cachorros.  A castração é um procedimento, relativamente simples e definitivo, e mais do que necessário, para se minimizar este grave problema, que são os cachorros abandonados, tanto em relação ao sofrimento dos cachorros, quanto a disseminação de zoonoses. no entento é preciso cuidado e atenção, poiso grande aumento no numero de cirurgias, fez aumentar proporcionalmente, em muito alem do aceitável o número de erros e problemas nestes procedimentos, erros estes, que põem em grande risco a saude e a vida dos cachorros, podendo inclusive na maioria das vezes serem fatais.  Pois são necessarios critérios para a escolha precisa e correta quanto ao tipo de anestésico mais coerente e adequado ao perfil e ao volume de trabalho, cuidados com a segurança e a higiene, a qualidade dos medicamentos, ou seja deve-se ter todos os cuidados necessarios com a saude e o bem-estar dos cachorros, para que se minimize os riscos e se possa aumentar as possibilidades de exito e o sucesso do procedimento, pois mesmo sendo um procedimento relativamente simples e rapida, trata-se de uma cirurgia. E são frequentes e em grande numeros os casos de Infecções pós-cirúrgicas por falta de assepsia, de sangramento interno e principalmente erro na dose de anestésico, e estes erros e falhas estão entre os mais comumente cametidos, e são responsáveis por comprometer gravemente a saúde de varios cachorros, inclusive levando muitos ao obito. 

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado