domingo, julho 24, 2011

Cachorros - Centros de Controle e Zoonoses.



Cachorros - Centros de Controle e Zoonoses: Os Centros de Controle de Zoonoses apesar de ainda serem avaliados de uma maneira negativa pela população, principalmente devido as consequencias da dificil e complexa realidade enfrentada por estes, sem verbas, mão de obra e infra estrutura suficientes e adequadas. e que tambem são decorrentes do constante e excessivo abandono de cachorros e consequentemente uma superpopulação destes nas ruas. 

O que acaba lamentavelmente transformando-os na pratica em verdadeiros campos de concentração e exterminio de cachorros, que tanto podem sacrifica-los aos poucos em virtude das carências e sofrimentos que lhes são oferecidos durante o seu confinamento, ou como acontece na grande maioria dos CCZs do Brasil, quando vence o prazo de sua "estadia" que é um verdadeiro martilio, estas inocentes, deserdadas e infelizes criaturas são sumariamente sacrificados, ou entregues para Faculdades de Veterinaria para serem utilizados em aulas de anatomia, em que muitas vezes são dissecados ainda vivos. 

Entretanto, apesar desta fria e cruel realidade que é imposta aos cachorros pela grande maioria dos CCZs do Brasil, houve significativos avanços e mudanças positivas no decorrer do tempo em relação ao procedimento das CCZs, por parte do poder publico no tratamento tanto dado aos cachorros, com mais solidariedade e respeito a sua dignidade como ser vivo, quanto aos grandes problemas apresentados por está dificil questão. Pois até o final da decada de 80 no Brasil, os cachorros perdidos ou abandonados nas ruas, eram considerados rigorosa e estritamente uma questão de saúde pública. 

Entretanto já na década seguinte, devido ao sucesso alcançado no combate à raiva por meio da vacinação em massa dos cachorros, com a superação do temor de uma infecção decorrente da raiva, a propria população passou a se interar mais com os cachorros e se relacionar de uma forma mais intensa e carinhosa com eles, deixando de considera-los apenas como um animal que tinha uma função restrita simplesmente a guarda e vigia, transformando-os praticamente em membros da familia. 

E juntamente com esta nova mentalidade e cultura tanto por parte da população como tambem das autoridades publicas, houve um maior interesse não apenas em combater as zoonoses relacionadas e decorrentes dos cachorros , mas como também no seu proprio bem estar, e proporcionar aos um tratamento mais digno e humanitário. E mais recentemente conceitos como uma posse humanitária e responsável, e um efetivo controle populacional atraves da castração, foram assimilados e implementados de uma forma efetiva, e tornaram-se procedimentos comuns e habituas tanto pelas Autoridades Publicas, Ongs, Defensores dos Animais e a população em geral.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!