.

terça-feira, julho 26, 2011

Cachorros - Envenenamentos e Intoxicações.




Cachorros - Envenenamentos e Intoxicações: Deve-se ter precauções e cuidados ao se manusear e armazenar certas substancias potencialmente tóxicas ou venenosas, não somente em relação as crianças. Mas tambem com relação aos cachorros e outros animais domésticos, deve-se tomar igualmente todas as precauções pois há grande numero de diferentes tipos de substâncias tóxicas ou venenosas que podem eventualmente vir a intoxica-los. Como certos tipos de alimentos e remédios, álcool, tabaco, produtos de limpeza, pesticidas que se ingeridos ou inalados podem se tornar um sério risco à saúde dos cachorros e outros animais domésticos, e deixa-los em estado critico ou até mesmo serem fatais. E se o cachorro acidentalmente vier a consumir ou até inalar excessivamente qualquer uma destas substancias tóxicas ou venenosas, com algumas tendo até efeitos neurológicos, pode manifestar sintomas como excesso de  suor e de salivação, diarréia, vômitos, tremores, fraqueza muscular, taquicardia e dificuldades respiratorias e os sintomas podem variar dependendo da quantidade e do tipo de substancia tóxica. E caso o cachorro venha a ingerir ou inalar grandes quantidades destas substâncias, isto pode leva-lá à inclusive um estado de coma ou a morte súbita. É por isso que é tão importante manter todas estas substancias potencialmente tóxicas ou venenosas fora do alcance dos cachorros, e mantê-lo sempre distante sempre que for utilizar estes tipos de produtos. Às vezes, produtos de limpeza domésticos ou higiene pessoal de uso comuns como desinfetantes ou shampoos podem conter substancias que cause envenenamento, e até mesmo a lata de lixo pode abrigar bactérias potencialmente perigosas para os cachorros, bactérias que podem causar vómitos crónicos, distensão abdominal e diarréia sanguinolenta. E caso o cachorro venha a apresentar eventualmente algum destes sintomas caracteristicos, e que se possa suspeitar que tenha ingerido alguma destas substancias venenos, é importantíssimo leva-lo ao veterinário imediatamente. E se for possível identificar o produto, leve a embalagem do mesmo ou ao menos uma amostra da substância que se suspeite que o cão tenha ingerido. Pois o atendimento medico veterinário rapido e imediato é fundamental e imprecindivel, e pode fazer a diferença entre a vida e a morte do cachorro. No entanto, o melhor tratamento para um acidente deste tipo com o cachorro envolvendo envenenamento ou intoxicação é a prevenção, e basta se seguir algumas orientações simples e praticas, para se reduzir em muito os riscos e se evitar estas situações de perigo que podem ser graves ou até fatais, E são precauções que podem fazer uma grande diferença, minimizando e até eliminando os fatores de risco de envenenamentos acidentais para os cachorros.


COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado