.

domingo, outubro 23, 2011

Cachorros Mimados.



Cachorros Mimados: Se analisar-mos a história dos cachorros, desde a domesticação dos canídeos selvagens até os dias de hoje, é nítido que a relação homem-cachorro foi se estreitando cada vez mais. E esse relacionamento passou a ser tão intenso, forte e íntimo que acabou dando origem ao surgimento uma 'nova espécie", que pode ser intitulada como o "cachorro humanizado".  Inclusive é muito comum encontrarmos cachorros deste tipo e com esse padrão de comportamento, e que são criados pelos seus responsáveis como se fossem um bebê e não como um animal, onde então este cachorro passa a ter reações humanas, e se torna um ser totalmente dependente de seu 'senhor'. 



E um caso típico, é aquele cãozinho macho extremamente mimado, que na presença de uma fêmea no cio não dá a mínima atenção a ela, pelo contrário, foge e prefere se aninhar no colo de seu responsável. Entretanto, por incrível que possa parecer, a reação deste cachorro é totalmente natural, pois ele simplesmente não reconhece a cadela como um ser de sua espécie, até porque ele não se considera um cachorro, afinal não foi criado como tal. E mesmo que a herança genética dos animais seja o fator mais importante para determinar o seu comportamento, observamos que, no caso de animais que recebem um exagerado tratamento 'de gente' desde a fase de filhote, com pouco contado com outros de sua espécie. 



Então o ambiente e as outras espécies acabam passando a determinar o seu modo de viver e de interagir com os mesmos. E esses cachorros acabam sendo descaracterizados, prejudicados e sofrem bastante com essa perda de identidade, pois não se julgam cachorros para poderem conviver natural e espontâneamente com os de sua espécie, e não podem participar tambem de todas as atividades da vida de seus responsáveis, afinal, eles não são seres humanos. E mesmo quando o cachorro é criado sem todos estes mimos excessivos, por sua consequente proximidade com o homem, muitas das características genéticas comportamentais do cachorro acabaram se perdendo no tempo. 



Por exemplo, os cachorros sabiam caçar, entretanto atualmente, muitos deles não conseguiriam sobreviver se tivessem que depender de si próprios para conseguir o seu alimento. pois um cachorro que viva num sítio ou numa fazenda, próximo ao seu ambiente original, pode ser um ótimo caçador. Porem a medida em que os cachorros vão se aproximando do ambiente dos seres humanos e principalmente do meio urbano, mais humanizado eles vão se tornando e em consequencia vão perdendo os seus instintos naturais. 



Sendo assim, devemos então ter muito cuidado na maneira em que criamos nossos cachorros. 
E se você enxerga o seu cachorro como um bebê indefeso, que necessita de mimos e de um arsenal de acessórios, saiba que sua visão da espécie canina está equivocada. Você pode-rá involuntariamente fazendo com que o seu cachorro se torne um ser dependente, inseguro e infeliz, coisa que os cachorros definitivamente não o são. Pois lembre-se, cuidar bem sim, porem sem exageros.









COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!