.

segunda-feira, novembro 28, 2011

Zoonose Dermatofitose.



Zoonose Dermatofitose - Cachorros: A contaminação pela Zoonose Dermatofitose atraves do fungo Microsporum Canim, em seres humanos geralmente ocorre quando há o contato direto das pessoas com os cachorros infectados. E as áreas do corpo em que há uma maior incidência desta Zoonose são consequentementes as áreas em que há um maior contato com os cachorros como os braços, as pernas, os ombros, a face e também o couro cabeludo. E entre as pessoas que entram em contato direto com os cachorros portadores da Zoonose Dermatofitose cerca de 50% deste total acabam se contaminado, esta alta percentagem acontece devido ao alto poder infectante desta Zoonose. E esta Zoonose a Dermatofitose pode contaminar pessoas de qualquer idade, porem as áreas do corpo afetadas pela Zoonose predominante-mente ocorrem nas crianças no couro cabeludo, e nos adultos nas pernas, nos braços e nos ombros. 

Os sintomas apresentados pela Zoonose Dermatofitose, e que se manifestam nos seres humanos são lesões superficiais. Pois o fungo alimenta-se somente com células mortas da queratina da pele, entretanto causam lesões superficiais com escamação, queda de pelos (alopecia) incluindo cabelos e barba, descoloração, quebra e queda nas unhas, ocorrendo em todos os casos uma forte irritação (prurido) nas áreas atingidas pela Zoonose. E em determinados casos de Dermatofitose no couro cabeludo, há uma queda total dos pelos caso não seja feito um tratamento rápido e adequado para a eliminação do fungo parasita. Ocorre  também nas lesões a presença de inflamações pustulentas e uma coloração avermelhada da pele dos locais afetados. E dependendo do grau de infestação dos fungos pode ocorrer também grande descamação cutânea, dando origem a  infecções oportunistas causada por bactérias. 

O diagnóstico da Zoonose Dermatofitose, igualmente ao processo realizado na Dermatofitose Canina, consiste na coleta de material presente nas lesões cutâneas, ou nos folicus dos pelos do couro cabeludo. Para uma  posterior analise laboratorial, feita através de microscópio eletronico, pois este é um tipo de diagnóstico que não somente apresenta resultados confiáveis e precisos a respeito da ocorrência definitiva da Zoonose Dermatofitose, como também evita  que haja a possibilidade de confusão no diagnóstico com outras enfermidades que apresentem sintomas semelhantes. Existem também testes feitos com a lâmpada de Wood, semelhantes aos feitos no caso da Dermatofitose Canina, entretanto sua eficácia com relação a apuração de um diagnóstico com resultado definitivo é falha, tendo uma variação percentual de ate 50% de possibilidade de erro na certificação de um resultado concreto. Ou seja, o exame do material colhido através de uma raspagem superficial diretamente nas lesões, e analisado e cultivado em laboratório, por meio de microscópios eletronicos é a forma mais segura sobre a ocorrência de um diagnóstico exato da Zoonose Dermatofitose. 

O tratamento correto e eficaz aplicado a Zoonose Dermatofitose, passa inicialmente por uma orientação e um diagnóstico medico. Pois há uma grande diversidade de casos específicos de pacientes que podem apresentar reações alérgicas aos medicamentos. E sua administração dependendo da debilidade do organismo do paciente tratado principalmente crianças, idosos, alérgicos ou pessoas com baixa imunidade, obriga  que o mesmo seja fracionado, ou seja administrada em micro-doses para que se amenizem os efeitos colaterais, e também a sua toxicidade. O que consequentemente ocasiona um prolongamento no tempo de tratamento, e os medicamentos empregados no tratamento da Zoonose Dermatofitose são os antimicoticos. E que tem como principio ativo, varias substancias como miconazol, clotrimazol, fulvinazol e que possuem um certo grau de toxicidade. Devido a estas caracteristicas toxicológicas e alérgicas dos medicamentos os mesmos somente podem ser utilizados com prescrição e um rigoroso acompanhamento medico. 
                                                                                  




COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!