.

sexta-feira, janeiro 27, 2012

Feiras de Adoção - Cachorros.



Feiras de Adoção - Cachorros: A realização de eventos, como as Feiras de Adoção de cachorros, são uma contribuição significativa, para auxiliar na minimização dos efeitos causados pelo crescente problema que é o abandono de cachorros no Brasil. E inclusive impedem tambem, que essa situação se agrave, pois geralmente já oferecem os cachorros castrados para adoção. A ideia de levar um cachorro para casa, no entanto, não deve ser oriunda de um mero impulso, o adotante deve considerar entre outros fatores, o tempo de vida do cachorro, os gastos com a sua alimentação, saúde e suas necessidades de espaço e lazer.

O comprometimento é um aspecto fundamental para a guarda responsável, e quem adota deve preencher alguns requisitos básicos, normalmente exigidos pelos entidades promotoras das feiras de adoção. E os problemas que podem impedir a adoção, já são detectados logo durante a realização da entrevista inicial. E o adotante, preenchendo os pré-requisitos e passando na entrevista, assina um termo de comprometimento da adoção. E também é feito, muitas vezes, pelos agentes promotores das Feiras de Adoção, um acompanhamento presencial e por telefone, do cachorro envolvido no processo de adoção.

Já os cachorros oferecidos também cumprem algumas especificações, e todos são vermifugados, vacinados, castrados e precisam ser sociáveis. É uma experiência altamente positiva, e que tem dado muito certo, tanto que uma das principais procedimentos é a repetição da adoção de novos cachorros por pessoas que já adotaram antes, e a indicação destes para novos adotantes. E as feiras de adoção, sempre que ocorrem alem de serem um evento de sucesso, é um trabalho altamente emotivo e gratificante. Pois a grande maioria dos cachorros presentes nas feiras, aproximadamente mais de 90%, são de cachorros recolhidos das ruas,  que foram abandonados como objetos despreziveis e descartáveis, e que sofreram, todas as agruras desta triste e desamparada existência, como frio, sede, fome e abandono.

E a intenção agora, é que estas feiras, que são eventos altamente positivos, benéficos e gratificantes, tanto para os cachorros que são adotados, como para as pessoas que os adotam. E que as Feiras de Adoçâo, se transformem em um evento constante, e se multipliquem por todas as cidades do Brasil. Com o incentivo e apoio de pessoas que são sensíveis a causa , e se possível com a participação de personalidades, artistas, políticos e outras pessoas que são formadores de consciência e opinião. Participem, se unam e se mobilizem, pois promover um evento como este em sua comunidade, não e tão dispendioso financeiramente, e nem tão complexo,  e o resultado é altamente gratificante.

Reúnam e mobilizem moradores de sua cidade, bairro ou comunidade que gostem de cachorros, e também veterinários, comerciantes, empresários, políticos, e entidades como igrejas, clubes entre outros. E organizem e promovam uma feira de adoção, que a principio não precisa necessariamente, seguir um padrão de perfeição de feiras já estabelecidas. Pois o principal, é conseguir conscientizar as pessoas em geral sobre o sofrimento por que passam os cachorros abandonados, e principalmente resgata-los das ruas e encaminha-los a um lar, o que é algo altamente gratificante. E se não for possível a realização de feiras de adoção, então promovam almoços beneficentes, com a renda em prol dos cachorros abandonados. Pois os cachorros que estão largados nas ruas, vitimas inocentes de todo tipo de sofrimento, e que não tem como se defender e não sabem sequer falar, necessitam urgentemente de nossa ajuda.      

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado