sábado, fevereiro 04, 2012

Cachorros - Doença Articular Degenerativa.



Cachorros - Doença Articular Degenerativa: Não são apenas os seres humanos que mudam os hábitos do dia a dia conforme a idade vem chegando, os cachorros também passam por isso, e é por esse motivo que é preciso ficar atento. Se o seu cachorro começar a mancar, diminuir suas atividades físicas, relutar ou ter dificuldade de subir escadas ou pular, ele pode estar com os sintomas da chamada Doença Articular Degenerativa (DAD), e esta doença é o quarto motivo que mais leva os cachorros a visitarem os veterinários.

Normalmente, os cachorros de porte grande e gigantes são os mais propensos a manifestarem a doença, entretanto observa-se tambem a DAD em cachorros de pequeno e médio porte. E segundo veterinarios especialistas em ortopedia, as causas mais freqüentes que dão inicio a DAD em cachorros são as rupturas do ligamento cruzado cranial e displasias, mas qualquer doença envolvendo as articulações pode desencadear a DAD, até mesmo a falta de movimentos articulares (sedentarismo) provoca degeneração articular.

E o diagnóstico precoce facilita o tratamento indicado em cada caso, que pode ser clínico ou cirúrgico, o primeiro sinal de dificuldade de locomoção por parte do cachorro, deve ser motivo para procurar a opinião de um médico veterinário, especialmente em filhotes, pois há o perigo da doença passar desapercebida pelos proprietários e causar problemas mais sérios com o passar do tempo. Um dos principais fatores envolvidos no aparecimento da doença é o peso do animal, que implica na carga aplicada em suas articulações, hoje em dia sabe-se que cachorros em forma, apresentam menos possibilidades de desenvolverem lesões articulares.

E tambem cachorros com idade avançada, e que tem o costume de fazer movimentos não-naturais, como pulos em excesso ou andar sobre as patas traseiras, também tem maior sucetibilidade de desenvolver a doença. Há a necessidade de exercícios e de medidas preventivas, e o ideal é que os cachorros sejam criados em pisos não lisos, com espaço para brincarem, se exercitarem, e tambem fazerem passeios diários, terem um controle do peso e uma alimentação de boa qualidade. Além disso, existem reguladores de posição da comida para cachorros altos e acolchoados que podem evitar os famosos calos de apoio nos cachorros de grande porte.

E em relação ao Tratamento, existem várias opções, que vão desde medicamentos para a amenizar a dor ou para reduzir a velocidade da degeneração articular, até cirurgias. Há também, tratamentos complementares como reabilitação física, acupuntura e homeopatia, todos vizando melhorar a qualidade de vida do cachorro e retardar a progressão da doença. pois estes são os objetivos do tratamento, porem infelizmente a Doença Articular Degenerativa não apresenta cura.

E por recomendação de médicos veterinários, deve-se evitar que o cachorro com DAD, fique subindo e descendo escadas, mesmo que ele não manifeste desconforto ou dor, pode-se manter os passeios, porem algumas brincadeiras que exijam muito esforço ou energia devem ser abandonadas. E em casa deve-se evitar que o cachorro faça movimentos que não sejam naturais, para impedir o agravamento de seu quadro, pois a DAD alem de incuravel tambem é crônica.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!