.

terça-feira, março 06, 2012

Cachorros - Bichon Frisé.



Cachorros - Bichon Frisé: O Bichon Frisé, é um cachorro de origem Franco-Belga, que possui um porte pequeno e uma pelagem fina e sedosa, e são cachorros muito populares, sendo muito semelhantes com os Poodles em aparência. Com uma altura variando entre 17 e 30 cm, e com um peso entre 4.5 e 8 kg., a sua ascendência genética vem do cruzamento do Maltes com o Poodle,.sendo também o mais típico dos cachorros de companhia que existe. E o traço marcante de sua personalidade é a doçura, a sensibilidade, a sutileza no dar e receber, Conseguindo até a velhice, manter as características de um filhote, pois.está sempre investigando, correndo pela casa, fazendo brincadeiras. Pode brincar bem sozinho, mas prefere a companhia de pessoas, principalmente crianças. É muito social, alegre, simpático, meigo, bastante afeiçoado ao dono, e com um porte majestoso. 

Sendo um cachorro extremamente activo, simpático, divertido, inteligente, amistoso, expansivo, e muito sociável Mesmo com pessoas estranhas ou outros cachorros, está sempre alegre e tentando agradar o dono e estar perto dele, meigo, robusto, vivo, de temperamento estável. Com movimentação elegante, estilo e ar de dignidade e inteligência, com porte majestoso. O seu temperamento excepcional faz dele um cachorro ideal para famílias com crianças. E é também muito usado em trabalhos de terapias com pessoas, que envolvam a presença de animais, já que o seu tamanho e aspecto contribuem favoravelmente no relacionamento com os doentes, que se sentem estimulados pela sua docilidade. Mas apesar do seu aspecto frágil e simpático, assume perfeitamente o papel de desportista, participando sempre com otimo desempenho em competições como o agility e o flyball. 

O Bichon tem também um especial talento para travessuras, o que poderá surpreender quem adquiriu o cachorro, baseados apenas pela sua aparência, por isso, deve ser educado desde muito cedo por forma a que perceba facilmente os limites para as suas brincadeiras. Se for preciso deixá-los longos períodos sozinhos, seus donos devem acostumá-los desde pequenos a não latir enquanto estiverem sós. Procure não o mima-los em demasiado, e assuma a posição de líder da matilha,. o principal elemento para o sucesso de uma boa educação será a postura dos donos que não devem deixar-se levar pelo aspecto frágil de filhote, mimando excessivamente o cachorro. Apesar de se adaptarem muito bem a apartamentos, os Bichons precisam de gastar a sua energia em passeios diários, pois mesmo sendo um cachorro de aparência frágil, aguentam facilmente longas caminhadas ao lado do dono, e gostam de ter espaço para correr e brincar. 

A sua aparência quando filhote é um pêlo tosquiado e com manchas rosadas em algumas partes do corpo, tais manchas podem ou não sumir, dependendo de sua genética. O Bichon Frisé quando adulto tem o pêlo normalmente branco puro, com vestígios ou não das manchas. E a sua aparência, que é a de um cachorro branco de pequeno porte, com pêlos cheios e sedosos, leva muitas pessoas a confundi-lo com um Poodle. Na verdade o Bichon é resultado do cruzamento do Poodle e o Maltês. O porte é assemelhado ao do Maltês, como a textura de seu pelo que também é macio. E foi o seu pêlo cheio e encaracolado, que o levou a ser chamado por seu nome atual, Bichon Frisé, que em francês significa "Bicho Encaracolado".Ideal para pequenos espaços, o pouco pêlo que solta acaba ficando retido na escova e não suja o ambiente,. entretanto ele é muito dependente de seu dono.

O Bichon Frisé tem origem muito antiga, pois é descendente de uma linhagem de cachorros muito semelhantes ao Maltes, ao Barbet e ao Poodle, e que já existiam no antigo Egito e na Fenícia, 1400 anos antes de Cristo. Acredita-se também que o Bichon Frisé, ou Bichon à Poil Frisé (Bichon de pêlos encaracolados), possa ter sido introduzido por marinheiros no Tenerife, Ilhas Canárias, no século XIV, sendo considerado um descendente do Barbet, um dos ancestrais do Poodle. O nome francês Barbet, inclusive, deu origem ao diminutivo “barbichon” ou “bichon”. Porem está é uma teoria sem fundamentos, que carece de credibilidade, pois na realidade, foi na Europa que a raça foi se moldando, e sendo aprimorada, após sucessivos cruzamentos entre o Maltes e o Poodle, especialmente na França e na Bélgica. e adquirindo uma aparência similar à do Poodle Miniatura. 

O Bichon Frisé e reconhecido como uma raça franco-belga, porém sua popularização realmente se deu nos Estados Unidos,. com o registro da raça no AKC (American Kennel Club) ocorrendo no ano de 1972. A pelagem do Bichon Frisé é comprida e encaracolada, demandando cuidados como escovação e tosa frequentes, a cor dos pêlos aceita pelo padrão da CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) é o branco puro, preferencialmente com pele escura podendo ser pigmentada em preto, azulado ou bege. E a palavra "bichon" costuma ser utilizada coletivamente para descrever cachorros pequenos e brancos, como o Coton de Tulear, o Maltês, o Frisé, o Bolonhês e o Havanês. Os principais problemas específicos de saúde que costumam acometer o Bichon Frise, são, as Dermatites alérgicas, pois a raça apresenta uma pele muito sensível, por isso, pode manifestar uma série de reações alérgicas, também os Cálculos Renais podem ocorrer com frequência, caso haja uma alta concentração de proteína e magnésio na sua alimentação, e as Otites, devido à conformação de suas orelhas, os exemplares desta raça estão propensos a desenvolver inflamação nos ouvidos.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!