.

quinta-feira, março 08, 2012

Cachorros - Pug.



Cachorros - Pug: O Pug é uma raça de cachorros de companhia originária da China, era uma das raças prediletas dos nobres e da realeza. O Pug tem características marcantes, como focinho achatado, o rabo em formato de espiral, com olhos redondos e proeminentes. Seu porte é pequeno e o seu peso médio ideal, varia entre os 6 a 11kg, porém devido a sua voracidade, a raça tende a ser obesa e alguns podem chegar a mais de 30 kg. A pelagem do seu musculoso e pesado corpo é fina, lisa, macia e curta. A cor é prateado, abricó-castanho, preto ou cor de sujeira. O Pug tem um grande charme e boa disposição, seus olhos são grandes e sedutores, de formato globular, sua expressão doce, porem sempre alerta., medindo em media entre 25 a 28 cm de altura. É também não suporta viagens longas e cansativas, pois seu focinho achatado dificulta a sua respiração, deixando-o propenso a ficar com renite alérgica, além disso é normalmente muito ofegante.

Devido a esta caracteristica de seu focinho, não resiste a ficar em locais quentes e abafados. Este cachorro charmoso, mascarado, de cara achatada, olhos saltados e cauda enroscada, pode mesmo encher a casa de alegria. Pois sua energia e simpatia são contagiantes.,e adora correr e pular sobre as pessoas, transformando qualquer momento numa verdadeira festa. Recebe as visitas como um verdadeiro anfitrião, animado e solícito, reunindo sobre si o foco das atenções, pois é impossível resistir a tanta empolgação. E por ser um cachorro de companhia, adora ficar junto das pessoas da casa, Entretanto pode ser também um ótimo cachorro de guarda, sendo ideal para lugares pequenos, pois é muito limpo e quieto e extremamente alerta com estranhos. Torna-se facilmente um companheiro inseparável, na verdade, acompanha seu dono para todos os lugares, chegando mesmo a ser chato e intrometido.

O Pug demonstra-se extremamente sociável e rapidamente se enquadra e se adapta a ambientes e pessoas estranhas, é considerado uma das raças mais dóceis. Outra característica diferenciada é o seu latido, e de acordo com o livro A Inteligência dos Cães, de Stanley Coren, o Pug encontra-se na 53ª posição entre as raças pesquisadas no quesito Inteligência adestramento e obediência. A expectativa de vida do Pug varia entre cerca de 13 a 15 anos, sendo também, um cachorro que perde muito pêlo o ano inteiro, intensificando ainda mais nas épocas de troca de pelagem. O Pug foi levado da China para a Holanda por volta do século XVI pela Companhia Mercante de Navegação Holandesa, dita Companhia das Índias, e foi bastante apreciado pelas damas da sociedade como cachorro de companhia. Depois chegou à Inglaterra que o adoptou e mais tarde redigiria o seu padrão, antes, porém, no início do século XVII, já era difundido em vários países europeus como Itália, França, Espanha e Alemanha. 

Sempre tido como cachorro de companhia da nobreza e alta sociedade, e sua trajectória remonta os episódios com Napoleão Bonaparte, o rei da Holanda: Guilherme o Silencioso, e mais recentemente com o Duque de Windsor. Sem o aviso de um pequeno Pug, Guilherme teria morrido nas mãos dos espanhóis. O latido de alerta do cachorro avisou sobre a invasão e salvou uma vida real. Após este episódio, o Pug tornou-se o cachorro oficial da corte, e o túmulo de Ghilherme exibe, além dele, o seu querido cachorro também. Contudo, há especulações de que sua origem seja de ascendência europeia, e o seu nome provavelmente pode se referir a um tipo de sagüi de aparência similar, que também é chamado de Pug. Possui também outros nomes como por exemplo: Mops do verbo "Moppen" que significa "de aspecto franzido", na Alemanha.Os ingleses o baptizaram-no Pug ou "Pug-Dog", o que significa "coisa diminuta" ou "cão diminuto".

O nome Carlino ou Carlini foi usado pela primeira vez em França, pelo aspecto cómico, curioso e mal-humorado ao mesmo tempo, que lhe conferem as rugas e a pigmentação particular do rosto, No Brasil a difusão da raça ainda é muito pequena, mas basta que seja um pouco divulgada para demonstrar seu potencial de carisma que há muito já foi descoberto pelo mundo. E também o Pug por sua pelagem curta não requer muitos cuidados com higiene, enquanto filhote um banho mensal é suficiente para a conservação da limpeza, inclusive o Pug não é um cachorro de cheiro forte, mas as rugas do seu rosto devem ser limpas com algodão embebido em água, uma vez a cada cinco ou seis dias. os ouvidos devem ser limpos semanalmente com cotonete umidecido em álcool. O Pug é um cachorro sem muita pelagem por baixo, por isso sente muito frio se for deixado a dormir ao relento, principalmente nas épocas de maior frio ou quando houver queda de temperatura.

Por ter o focinho extremamente curto, sua pré-disposição a má respiração faz com que sejam necessários certos cuidados com gripes e resfriados, para que depois, não possam vir a trazer maiores complicações, por isso mantenha-o longe de geladeiras e jamais dê a ele nada gelado. Porém, mesmo no inverno, não se deve agasalha-lo muito, pois ele pode ter sua resistência diminuída, e ficar propenso a pegar tosses e resfriados. Os Pugs são cachorros que geralmente apresentam uma excelente saúde, e que se for devidamente cuidada, lhe garantiram muita longevidade. pois é comum que os Pugs normalmente vivam mais do que 14 anos. No entanto, como todas os cachorros de raça pura, apresentam algumas vulnerabilidades e problemas de saúde que lhes são comum. E entre as principais vulnerabilidades estão os os seus olhos, que ficam muito expostos a acidentes, pois são proeminentes e não existe um focinho longo para atuar como "pára-choques".

E as suas vias aéreas superiores, que são curtas, ocasionando prejuízo no preparo e condicionamento do ar inalado. Um terceiro pode ser considerado: a pele. Os Pugs apresentam pré-disposição à dermatites, por isso é importante investir numa boa alimentação (ração super-premium), escovação diária e pouquíssimos banhos, acredite quanto menos melhor. Com relação aos olhos, deve-se ter muito cuidado com plantas espinhosas, gatos e suas unhas, e qualquer coisa pontiaguda que possa ferir os olhos do Pug se ele eventualmente vir esbarrar nela. Além disso, as unhas do Pug devem ser mantidas curtas, principalmente as do quinto-dedo (dedão da mão), pois ele pode se machucar ao esfregar a cara com as patas dianteiras. Deve-se também ter muita atenção com qualquer alteração nos olhos de um Pug, como secreções purulentas, áreas esbranquiçadas, manchas, etc, e. se for detectada qualquer alteração, o médico veterinário deve ser consultado imediatamente. Com relação ao problema respiratório, comum em todas as raças braquicéfalas, ou seja, que apresentam focinho muito curto, devem ser tomadas algumas precauções.

O principal problema ocorre porque o ar inspirado não é condicionado apropriadamente, como por exemplo, o ar frio não é suficientemente aquecido, e o ar quente não é suficientemente esfriado, antes de ir para os pulmões ("Síndrome do Cachorro Braquicefalo). E devido a esta "limitação" respiratória, os Pugs não são aptos a exercícios rigorosos, como corridas, porem,. podem e devem ser submetidos a exercícios moderados, como caminhadas, que devem ser gradativamente aumentados, para se acostumarem a elas. Além disso, sua dificuldade respiratória é agravada em dias muito quentes, quando podem apresentar o chamado "estresse do calor", que pode levar à morte por parada respiratória. Em dias quentes, os Pugs não devem ser exercitados e devem ser protegidos do calor. Um exemplo de estresse do calor que pode levar à morte, é o que acontece quando um Pug fica preso em um carro fechado, no sol, em um dia muito quente. Ele pode entrar em choque e morrer em apenas 30 minutos,. por isso, muito cuidado nesse sentido. Outro cuidado muito importante que deve-se ter com um Pug é durante a anestesia, pois os Pugs podem vir a morrer durante uma anestesia geral, dependendo do tipo de anestésico e da técnica utilizada. Detalhes estes que devem ser informados ao médico veterinário, caso seja necessário fazer-se um eventual procedimento cirúrgico.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!