.

sexta-feira, abril 13, 2012

Proteinas/Aminoacidos - Cachorros.



Proteínas/Aminoácidos - Cachorros: As proteínas possuem numerosas funções, formam as enzimas que catalisam as reações metabólicas digestivas e a assimilação de nutrientes, os hormônios que controlam os sistemas orgânicos e os anticorpos relacionados com o sistema imunológico. Além de serem componentes estruturais na formação e constituição dos tecidos musculares, tecidos conjuntivos, tendões, ligamentos, cartilagens e tambem do sistema  esquelético. As proteínas de alto valor biológico tem como caracteristica uma fácil digestibilidade e um balanço adequado de aminoácidos devendo conter todos os aminoácidos essenciais, garantindo todas as necessidades nutricionais e um bom funcionamento do organismo. As proteínas são formadas por 22 aminoácidos, e se a alimentação  fornecida ao cachorro tiver uma quantidade adequada de nitrogénio, os cachorros são capazes de produzir 12 aminoacidos, que são os aminoácidos não essenciais que podem ser fornecidos através da alimentação ou sintetizados no organismo. 

Já os outros 10 aminoácidos restantes não podem ser produzidos em quantidade suficiente para atender as demandas e necessidades nutricionais dos cachorros, principalmente na fase de crescimento devem então ser acrescentados a sua alimentação, por isso são chamados de essenciais. A deficiência de um aminoácido essencial prejudicará a formação da sequência de aminoácidos que estrutura a proteína, impedindo a síntese completa da mesma. A capacidade da dieta em fornecer aminoácidos em quantidades adequadas para atender as necessidades diárias está diretamente relacionada às fontes proteicas utilizadas nos alimentos, aos parâmetros de digestibilidade da proteína e balanço de aminoácidos presente na composição estrutural das mesmas. A ausência ou a ingestão inadequada de qualquer um desses aminoácidos resulta em perda de peso e falhas no crescimento. 

E a necessidades de aminoácidos apesar de serem imprencindiveis na fase de crescimento ocorrem em todas as fases da vida dos cachorros, por isso devem estar presentes na alimentação e serem utilizados não somente por cachorros em fase de crescimento, mas tambem por cachorros adultos, cadelas em gestação e lactação e cachorros idosos. O que muda nessas fases é a quantidade necessária de aminoácidos, que pode ser atendida de forma adequada seguindo-se as recomendações do veterinário. O organismo tem capacidade de sintetizar novas proteínas a partir de aminoácidos, desde que todos os aminoácidos necessários estejam disponíveis nas células,  na realidade o organismo não tem uma necessidade específica de proteínas, o que existe é uma necessidade de aminoácidos e nitrogénio, que são os componentes unitários das proteínas. E as proteínas são a principal fonte de nitrogénio do organismo, pois o nitrogénio é essencial para a síntese dos aminoácidos não essenciais e outras moléculas necessárias ao funcionamento do organismo. 

Outra função importante das proteínas na alimentação é dar sabor as mesmas, normalmente quando a quantidade de proteínas é aumentada, aumenta a palatibilidade e a aceitação do alimento. O grau a partir do qual o cachorro é capaz de usar as proteínas da dieta como fonte de aminoácidos e nitrogénio é influenciado pela digestibilidade e pela qualidade da proteína incluída na alimentação. As proteínas que têm uma digestibilidade elevada e contêm todos os aminoácidos essenciais nas proporções adequadas relativamente às suas necessidades, são consideradas proteínas de alta qualidade, e quanto maior a qualidade das proteínas na alimentação, menor a quantidade que o cachorro necessita para suprir as suas necessidades de aminoácidos essenciais.

Aminoácidos Não Essenciais – alanina, aspargina, aspartato, cisteína,
glutamato, glutamina, glicina, hidrolisina, hidroxiprolina, prolina,
serina, tirosina.

Aminoácidos Essenciais – arginina, histidina, isoleucina, leucina,
lisina, metionina, fenilalanina, triptofano, trionina, valina.

As proteínas de origem animal são as que apresentam proteínas de alta qualidade, e por serem facilmente digeridas pelos cachorros maior e o seu valor. A inclusão de subprodutos como o milho e a soja diminuem a qualidade da proteína, uma vez que muitos destes produtos não são digeridos pelos cachorros, e não tendo portanto qualquer valor nutricional. O milho frequentemente encontrado nas rações é deficiente em lisina e triptofano que são aminoácidos essenciais e devido a isto não e considerado um produto com proteínas de elevada qualidade. Outro vegetal muito encontrado nas rações é a soja, a soja por não ser digerida no intestino dos cachorros pode provocar flatulência e diarreias, porque as bactérias do intestino ao digerirem os açucares da soja produzem gás e aumentam a absorção de água. Por outro lado a soja crua, contém fitatos que diminuem a absorção de outros nutrientes. Não utilize suplementos alimentares (aminoacidos) na alimentação de seu cachorro, sem a prescrição e  acompanhamento veterinario. 

Leite Artificial - Cachorros.



Leite Artificial - Cachorros: O melhor para os cachorros filhotes, é que consumam o leite da cadela genitora até o trigésimo dia de vida no mínimo . Porem devido a algumas circunstancias, como abandono, enfermidade, leite insuficiente ou o óbito da cadela, isto nem sempre e possível, fazendo com que o responsável substitua ou complemente o leite da cadela genitora. A melhor, e mais pratica alternativa que se encontra no mercado e o leite artificial em pó, que tem uma composição especifico para cachorros filhotes lactantes. E o leite artificial deve ser fornecido principalmente aos cachorros recem nascidos no mínimo a cada 30 minutos, inclusive a noite devido ao seu desenvolvimento acelerado dos filhotes nesta fase. E após alguns dias pode-se aumentar gradativamente este prazo. 

Entretanto somente depois de 7 dias, é que se pode suspender o fornecimento de leite a noite, e aumentar o intervalo para 2 horas, e somente no horário diurno. No momento da amamentação dos filhotes, eles devem estar com a barriga para baixo, e com a cabeça confortavelmente inclinada para cima, para que não ocorra entrada de líquidos nos pulmões. E também não se deve fornecer leite de vaca aos cachorros lactantes, pois pode ocasionar grave deficiência nutricional e diarreias cronicas. Porque o leite de vaca, possui bem menos proteínas e gorduras e muito mais lactose que o leite das cadelas. Os cachorros lactantes, assimilam grande quantidade de suas calorias retirando da gordura do leite das cadelas, e também o leite das cadelas possuem pouquissima lactose. Devido a isto não se pode oferecer leite de vaca aos cachorros filhotes, pois o leite de vaca possui muita lactose e pouca gordura.


                                 Tabela Comparativa: 
               Leite de cadela                      Leite de vaca
      Água         77,2%                                87,6%        
      Gordura    43%                                   30,6%        
      Lactose     15,4%                                37,9%        
      Cálcio       1,23%                                0,97%        
      Fósforo     0,96%                                0,77%       
      Energia      1260                                     610         

Os filhotes somente começam a se alimentar parcialmente sozinhos a partir do 15º dia de vida, mas ainda precisam de mamadeira pelo menos duas vezes as dia. Nesta fase, o ideal é fornecer a papa de desmame que também e encontrada no mercado, e após 20 dias os filhotes começam a se alimentar sem o uso da mamadeira. Podendo então se introduzir a ração umidecida, e apenas quando os dentes estiverem desenvolvidos é que se deve fornecer a ração seca. 

Existem algumas receitas feitas com leite de vaca acrescido com outros ingredientes, entretanto alem de serem pouco praticas e muito perecíveis. Também não possuem nutrientes com a qualidade e na quantidade que os cachorros lactentes necessitam, podendo causar também carência nutricional, atraso no desenvolvimento e enfraquecimento do sistema imunológico. Devido a isto, o recomendavel é que somente se utilize leite artificial especifico para a alimentação de cachorros lactantes. Consulte o veterinário para maiores esclarecimentos e orientações. 



Papas Desmame - Cachorros.



Papas Desmame - Cachorros: De um correto processo de desmame depende a boa saúde e o bom desenvolvimento do cachorro na vida adulta. E durante essa fase, é muito importante uma alimentação adequada que permita uma perfeita transição do leite materno para uma alimentação sólida. E a papa de desmame fornece uma alimentação concentrada muito rica em proteínas, gorduras, minerais e vitaminas que os cachorros precisam, o que lhes proporciona um excelente desenvolvimento. O desmame se define como o momento de transição da amamentação para a alimentação semi-sólida e sólida, e se configura um período delicado que necessita de bastante atenção. Neste mesmo período, o cachorro se mostra mais ativo se interessando mais pelo ambiente a sua volta e  necessitando de uma quantidade maior de energia para seu crescimento. A produção de leite da cadela também começa a declinar a partir da 3ª ou 4ª semana após o parto (quando ocorre o pico de lactação). 

Sendo assim, o ideal é iniciar o desmame por volta da quarta semana de vida, oferecendo a papa de desmame aos filhotes progressivamente e a medida que eles forem diminuindo as mamadas e ingerindo uma maior quantidade de papa de desmame vão adaptando-se gradativamente a alimentação sólida. A frequência de alimentação varia conforme a idade dos filhotes, antes de 90 dias são 5 refeições diárias, a  partir dos 90 dias, 4 refeições, e dos 6 meses a 1 ano, 3 refeições diárias. A transição suave do leite materno para o alimento sólido é essencial para que o cachorro mantenha sua saúde e se adapte com prazer a essa nova alimentação. A papa de desmame é o alimento mais adequado, completo e balanceado  satisfazendo integralmente as necessidades nutricionais dos filhotes no delicado processo de desmame e nesta importante fase de seu desenvolvimento. 




COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!