quarta-feira, junho 13, 2012

Doenças/Carrapatos - Cachorros.



Doenças/Carrapatos - Cachorros: O carrapato, é um ectoparasita hematofago, que alem de ter entre suas vitimas animais como cachorros, gatos, bovinos, equinos e até galinhas , também pode parasitar e transmitir doenças para os seres humanos. Mas entretanto a importância que é dada a tal fator, isto é, aos carrapatos e suas doenças, ainda é muito limitada. Pois as doenças infecciosas transmitidas pelos carrapatos, precisam  ser vistas através de uma ótica mais seria, e no Brasil a questão relacionada às doenças humanas transmitidas pelos carrapatos, e mesmo a existências de algumas delas, ainda carece de que seja dada a importância devida.

E precisam ser analisadas, e trabalhadas de uma forma mais abrangente e com maior eficiência.
E entre os agentes causadores das doenças humanas transmitidas pelos carrapatos temos:
-Bactérias: erlíquias (erliquiose granulocítica e erliquiose monócita), bacilos Gram-negativos (tularemia), borréias (doenças de Lyme, frebe), riquétsias (frebers maculosas).
-Vírus: febre hemorrágica do Congo-Criméia, encefalite, febre hemorrágica de Omsk, febre transmitida por carrapatos colorado, encefalite louping ill, encefalite Langat.
-Protozoários: babesiose.

Em todo mundo, existem aproximadamente 850 espécies de carrapatos, onde todos possuem características semelhantes, como artrópodes aracnídeos, ectoparasitas de vertebrados terrestres. Dentre estas espécies, 680 delas pertencem à família ixodidae e 170 a família agarsidae, desta forma, os carrapatos são mais do que simples vetores de doenças, ao quais agem como reservatórios, transmitindo a infecção para sua progênie através de via transovariana. Pois os carrapatos são os principais vetores de doenças animais, perdendo apenas para os mosquitos como transmissor de doenças humanas. E o seu potencial de transmitir doenças é amplo, devido a sua voracidade, a sua grande resistência ao meio externo, e a sua longevidade.

E também a capacidade de transmissão transovariana, e a manutenção da transmissão das doenças contam com períodos indeterminados. Pois o controle e o extermínio deste ectoparasita é dificultado por suas próprias caracteristicas, que são a sua grande voracidade e a diversidade de suas vitimas, sua grande capacidade reprodutiva e tambem sua grande resistência ao meio ambiente. No entanto, no Brasil, o seu grande potencial vem sendo desconsiderado, já que a única doença humana considerada como transmitida pelo carrapato é a febre maculosa brasileira.

E os tipos de carrapatos que tem maior incidência, e o que também podem parasitar os seres humanos, são  o carrapato de cavalo ou carrapato estrela, o carrapato de boi, o carrapato de galinha, e que tem como habitat normalmente as regiões rurais, e o carrapato vermelho do cão encontrado normalmente nas grandes regiões urbanas, mas também com grande ocorrência nas áreas rurais. Caso haja algum acidente envolvendo a ocorrência de picadas de carrapatos, deve-se procurar auxilio medico imediato, para um diagnóstico, e caso seja necessário, proceder com as providências devidas, como exames e medicação. 






COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!