quarta-feira, maio 21, 2014

Somos Responsáveis por Eles - Cachorros.


Somos Responsáveis por Eles - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Industria de Empacotamento de Carnes - Cachorros.


Industria de Empacotamento de Carne - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Nos já Fomos Animais um Dia - Cachorros.


Nos já Fomos Animais um Dia - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Aprender a "Falar" com os Animais - Cachorros.


Aprender a "Falar" com os Animais - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Uma Morte Rápida e Indolor - Cachorros.


Uma Morte Rápida e Indolor - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Uma Vida e uma Morte Decentes - Cachorros.


Uma Vida e uma Morte Decentes - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

Sistema nos Matadouros - Cachorros.


Sistema nos Matadouros - Cachorros:  As pessoas sempre me perguntam como eu posso trabalhar na indústria de empacotamento de carne, sendo que amo tanto os animais. Pensei muito sobre isso.
Depois de desenvolver meu sistema nos matadouros, para que os animais não sintam medo antes do abate, lembro de olhar para o gado, para as centenas de cabeça de gado, em seus currais. Estava triste por ter acabado de projetar um abatedouro supereficiente. Pois as vacas são os animais que mais amo.

Olhando para estes animais eu percebi que nenhum deles sequer existiria se os humanos não os tivessen criado. E desde este momento venho acreditando que nós criamos estes animais e portanto somos responsáveis por eles. Devemos proporcionar-lhes uma vida e uma morte decentes e suas vidas devem ter o mínimo possível de estresse. Este é o meu trabalho.

Agora estou escrevendo este livro porque desejo que os animais possam ter mais do que uma vida com pouco estresse e com uma morte rápida e indolor. Meu desejo é que os animais tenham uma boa vida, também, com algo útil para fazer. Acho que devemos isso a eles.

Outra razão para escrever este livro é que quero inspirar mais jovens para fazer o que eu faço. Eu me preocupo com quem vai continuar o meu trabalho. Há grande necessidade de mais estudantes que se envolvam com o trabalho prático no campo. O agente mais poderoso para uma mudança realmente construtiva é frequentemente uma pessoa que tem tanto formação universitária quanto experiência prática. A experiência prática no campo mantém a pessoa aterrada na realidade, mas a educação superior provê o conhecimento que vai habilitar a pessoa a desenvolver soluções práticas efetivas para os problemas. Um bom trabalho de campo requer, às vezes, semanas ou até meses de contínuo trabalho duro. Meu trabalho é cansativo, estressante e sujo, mas é também altamente recompensador ver o progresso e saber que ajudei a melhorar a qualidade de vida de muitos animais.

Não sei se algum dia as pessoas poderão falar com os animais como o Dr. Doolittle conseguia, ou se os animais poderão responder. Talvez a ciência possa dizer algo a respeito disso.

Mas sei com certeza que as pessoas podem aprender a “falar” com os animais, e a escutar o que os animais têm a dizer, melhor do que conseguem atualmente. Também sei que muitas vezes as pessoas que conseguem falar com os animais são mais felizes do que aquelas que não conseguem. Nós já fomos animais um dia e quando nos tornamos seres humanos perdemos algo. Quando estamos perto dos animais, recuperamos parte daquilo que perdemos.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!