.

sábado, setembro 27, 2014

Casa de Cachorro.



Casa de Cachorro: Existem diversos tipos de modelo de casa de cachorros  e também vários tipos de materiais com que elas são construídas, como madeira, plástico, fibra de vidro, recicláveis ecológicos ( embalagens longa vida) , placas de cimento (cinasita) . E a principio uma casa de cachorro, deve proporcionar ao mesmo tempo, abrigo e proteção contra intempéries (sol, calor, chuva, frio, neve) segurança, tranquilidade, conforto e comodidade. Estes fatores devem ser levados em consideração, assim como como também o tamanho do cachorro, o espaço e a localização da casa, o clima do local, o material da casa entre outros. 


Em relação aos materiais, alguns apresentam problemas como permeabilidade as chuvas, o que leva ao aparecimento e proliferação de fungos e bactérias, e também compromete a durabilidade, como é o caso da madeira, e que deve preferencialmente ser colocada em locais cobertos. O plástico que tem uma tendência a ressecar e ficar quebradiço, quando exposto ao sol e que juntamente com a fibra de vidro apresentam também toxidade, caso o cachorro fique roendo suas bordas e acabe engolindo algumas partículas.destes materiais. 


Porem existem atualmente opções a estes materiais, como casas de placas de cimento, que não apresentam estes problemas, entretanto são mais pesadas, necessitam de montagem semi-especializada e tem um custo maior.  E também materiais recicláveis a base de embalagens longa vida,  que são impermeáveis e não são suscetíveis ao aparecimento de fungos e bactérias, e também não são tóxicas, entretanto também possuem um custo maior que a dos materiais tradicionais (madeira, fibra de vidro e plástico). 



Mas dependendo da situação e do propósito da casa a ser utilizada pelo cachorro, não se fazem  necessárias todas estas considerações, principalmente se o cachorro a utilizar apenas como mais uma opção de local para descansar. De qualquer maneira, deve-se analisar a questão custo/beneficio, e se o cachorro utilizar a casa como único local de  abrigo e proteção , deve-se considerar o bem estar e o conforto do cachorro, como também a durabilidade da casa. 



Cachorros Calçados.




Cachorros Calçados: Os sapatos para cachorros, assim como as roupas estão na moda e vem sendo muito utilizados, principalmente por questões estéticas, com o intuito de combinar o sapato com a roupa no cachorro. Mas ao contrario das roupas, que tem como função útil somente proteger os cachorros do frio, sendo as demais funções somente estéticas. Os sapatos para cachorros tem utilidade pratica e real, e são aplicadas em varias funções, e que não são meramente estéticas. Inclusive os sapatos já são utilizados pelos cachorros a bastante tempo, em ações de buscas e salvamentos, em escombros e terrenos de difícil acesso para humanos. 


Onde há grande quantidade de pedras, espinhos, pontas de metais retorcidas e vidros quebrados, e que poderiam causar graves ferimentos as patas dos cachorros, caso não estivessem usando estes sapatos. E também podem ser muito úteis para o uso pratico na rotina diária dos cachorros, como em passeios na rua protegendo os cachorros contra o chão quente, contra sujeiras e eventuais infecções ou parasitas presentes no ambiente. Cumprindo a dupla função de manter a higiene e proteger as patas do cachorro, principalmente em cachorros que morem em apartamento, ou que tenham acesso ao interior das casas e deitem em camas ou sofás, e possuam também o habito de pular frequentemente colocando as patas em seus donos. 


Ou seja o sapato protege não somente o cachorro, mas também a casa e o responsável pelo cachorro, contra sujeiras e contaminações, que qualquer cachorro possa estar suscetível a contrair em um simples e eventual passeio na rua. Sendo então o uso de sapatos em cachorros, para sua proteção e higiene altamente recomendáveis, com a função estética entrando apenas como complemento. O único problema apresentado no uso constante dos sapatos é em relação as suas unhas, que não se desgastam por não terem contato direto com o piso e acabam incomodando o cachorro, sendo necessário então um cuidado maior com esta questão. 

Cachorro Cheiroso.



Cachorro Cheiroso: Os perfumes para cachorros deixam os mesmos com um cheiro agradável e atraente, e assim como outros acessórios, estão sendo cada vez mais utilizados nos cachorros pelos seus responsáveis. Entretanto deve-se ter alguns cuidados quanto ao seu uso, para se evitar que o cachorro sofra algum tipo de alergia. E neste caso especifico possa vir a ter crises de espirros crônicas, rinites, coriza, irritações na pele, e também tenha o seu faro que e super sensível, prejudicado pelo presença constante do odor emanado pelo perfume. Cuidados estes que passam por se evitar aplicar perfumes na cabeça ou no pescoço dos cachorros, devido a proximidade destas areás com o nariz.  E também não se deve aplicar excesso de perfumes, sendo o ideal somente aplicar-se a quantidade mínima,  e de preferência sob o pelo, para deixar sutilmente uma fragrância leve e discreta. E também não utilize perfume para uso em pessoas nos cachorros, pois as reações alérgicas podem ser graves, pois deve-se usar somente perfumes específicos para cachorros, e mesmo assim com os devidos cuidados para não prejudicar a saúde dos mesmos.  

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado

.COMO ACABAR COM AS PULGAS!