segunda-feira, outubro 06, 2014

Parasitas de Pele - Cachorros.



Parasitass de Pele - Cachorros: Os fungos são parasitas com potencial de transmitir graves infecções cutâneas (Dermatoses) que são altamente contagiosas, e podem ser transmitidas tanto pelo contato direto entre o cachorro infectado e o cachorro sadio, ou o contato do cachorro sadio com objetos ou com o ambiente do cachorro infectado. E dependendo do tipo de dermatose (Dermatofitose) também podem ser transmitidas para os seres humanos, ou seja tambem é uma zoonose com alto poder de infecção. E os fungos podem se alastrar por todo corpo do cachorro como pelos, unhas e todo o seu tecido cutâneo (pele) podendo causar uma infestação. Infestando consequentemente também o ambiente em que o cachorro vive, inclusive seus objetos como casa, toalhas, cobertores, e ate brinquedos. 


Pois todo e qualquer objeto que tenha contato constante com o cachorro infectado, principalmente se forem objetos porosos e absorventes como madeira e tecido, adquirem um grande poder de contaminação. Entretanto, os fungos tem uma maior facilidade de infectar e provocar uma infestação em cachorros alojados em ambientes com uma grande quantidade de animais. Como abrigos para cachorros abandonados, e tambem cachorros desnutridos, ou cachorros com o sistema imunológico debilitado por motivo de doenças, ou em decorrência de alguma medicação. Pois os cachorros bem nutridos e saudáveis, mesmo que sejam contaminados por fungos e ocasionalmente vemham a adquirir dermatoses, possuem uma grande capacidade orgânica defensiva, e através de seu próprio sistema imunológica conseguem eliminar a enfermidade infecciosa. 


Entretanto, tendo-se os cuidados devidos como procurar o auxilio veterinário, e fazendo-se o tratamento adequado, elimina-se mais rapidamente a dermatose e consequentemente o seu grande potêncial infeccioso. Pois o cachorro saudável e bem nutrido mesmo tendo a auto-capacidade de eliminar a dermatose, leva bem mais tempo para se curar atraves do seu proprio processo imunologico natural, do que quando há o auxilio veterinário, e um consequente tratamento rapido e adequado, evitando-se ou minimizando com isto o risco de contaminação em outros cachorros ou ate pessoas como no caso da zoonose dermatofitose. 

Cachorros - Recuperação Fisica.




Cachorros - Recuperação Fisica: Cachorros que perderam os movimentos ou estão obesos, são beneficiados por esta especialidade veterinária que é a fisioterapia. E os responsáveis pelos cachorros, ficam satisfeitos e felizes, é com o resultado do processo fisioterapico. Que devolve os movimentos aos cachorros que não podiam mais andar, de uma forma natural, indolor e sem necessidade de cirurgias. Pois para os responsáveis, não tem nada melhor do que ver um cachorro, que estava praticamente condenado a condição de deficiente físico, conseguir recobrar os movimentos depois do trabalho de reabilitação. E só tem aumenta, a cada dia a quantidade de responsáveis por cachorros, que reconhecem a importância e os benefícios fundamentais deste tipo de tratamento na recuperação e na melhoria da qualidade de vida dos cachorros.


As ocorrências mais comuns, e que levam os cachorros a recorrerem ao processo fisioterapico, são as lesões de joelho e rompimento dos ligamentos. A perda de peso em cachorros com quilos a mais, também é obtida com exercícios coordenados por fisioterapeutas.Nos cachorros mais idosos, lesões na coluna vertebral e algumas alterações neurológicas são os problemas mais frequentes. Pois os cachorros mais idosos não suportam muito bem o uso de medicamentos alopáticos, e como a fisioterapia não é invasiva, consegue-se melhorar a dor do cachorro, de uma forma mais agradável para ele. A empatia com os pacientes, ou seja entre o fisiterapeuta e o cachorro, também acontece aos poucos.


E na primeira consulta, devido a ansiedade dos pacientes, o processo é feito com muita tranquilidade e carinho, para se ganhar a confiança do cachorro. A partir da segunda consulta, inicia o tratamento de forma efetiva, e o cachorro já se sente mais à vontade. E a partir da terceira sessão, o paciente já superou a desconfiança, e já passa a se habituar, e a gostar de todo processo fisioterapeutico. Entretanto é recomendável, que se conheça, e se tenha referencias sobre o trabalho do fisioterapeuta. Então peça informações, a outros responsáveis e tambem para o seu veterinário. Pois, se o veterinário fisioterapeuta, não for bem preparado, pode trazer mais problemas que benefícios, para a saúde do seu cachorro.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!