.

sexta-feira, novembro 21, 2014

Cachorros - Sabujo Françes.



Cachorros - Sabujo Françes: O Griffon de Nivernais (em francês: griffon Nivernais) é um cão de uma raça reproduzida a partir de antecedentes de pelo duro - levados a Europa Central até o fim do século XIX - da região de Nivernais, atual departamento de Nièvre. 

Raça mantida por nobres franceses para a prática esportiva das grandes caçadas, quase desapareceu após a Revolução Francesa, sendo então reconstruída no início de 1925, por alguns caçadores em Morvan, na fronteira entre a França e a Suíça, baseada nos cruzamentos com o grande griffon da Vendeia. 

O resultado foi um animal de resistência e velocidade. Cão de porte médio, tem uma pelagem distintiva áspera e grossa, orelhas longas e caídas, e uma comprida cauda curvada para cima. O corpo é um dos mais alongado entre os sabujos franceses. 

É uma raça de estrutura robusta e proporcional, comum para um cão de caça. A cor da pelagem é, geralmente, grisalha com os pelos mais escuros na base do que a ponta. Pelos brancos são espalhados e pode haver uma pequena mancha branca no peito. 

Considerado detentor de um bom faro, penetrante, e que aprecia particularmente terrenos difíceis e de mata alta, tem o temperamento caçador, corajoso e atento. É classificado ainda como bem sucedido para atuar em pequens matilhas nas caçadas a javalis. 

Apesar disso, tem seu adestramento considerado de dificuldade moderada, devido a sua obstinação e independência, e mais visto como animal de companhia. Saudável, seus problemas não são qualificados como incomuns ou extraordinários.

Cão Caçador.





Cão Caçador: O cão de Artois (em francês: Chien d'Artois) é um cão caçador cujos registros de exemplares semelhantes datam dos anos de 1 400, em pintura de Gaston Phébus de Foix, na qual é retratada uma matilha de cães com um d'Artois entre o grupo, encurralando um leopardo. Reconhecidamente um dos mais antigos sabujos franceses, é ainda apelidado de braquet (algo próximo a cão pequeno). Seu tamanho reduzido em relação aos da mesma categoria talvez tenha lhe assegurado a sobrevivência em meio a Revolução Francesa. Apesar dos cruzamentos realizados no século XIX que quase levou esta raça à extinção, ela vem, segundo estudos de veterinários e criadores, satisfatoriamente se restabelecendo. Fisicamente pode atingir os 24 kg e os 58 cm. Entre suas principais características estão suas orelhas longas, chatas e largas, e suas patas esguias, com dedos longos. De pelagem tricolor, possui o seu adestramento considerado variante entre o moderado e o difícil.

Cão da Serra Sar.



Cão da Serra Sar: O Sarplaninac ou Šarplaninec (em albanês : Deltari Ilir ; Macedonian : Шарпланинец ; sérvio : Шарпланинац ), (tradução literal: Cão da Serra Sar ) também conhecido como Sharplaninac / Sharplaninec , Shepherd Jugoslava ou Dog Illyrian Shepherd , é uma antiga guarda de gado da raça originalmente da Sérvia e Macedónia . O Sarplaninac foi inicialmente registado pela Federação Cinológica Internacional (FCI), em 1939, como a Ilíria cão pastor em parte por causa de um esloveno, croata, sérvio e do movimento que procurou distanciar-se da Áustria e da Alemanha.
Em dezoito anos de 1939-1957 a raça foi reconhecida como o cão de pastor Illyrian pela Federação 
Cinológica Internacional , no entanto, a pedido da Federação Iugoslava da Cynology em 1957 o nome da 
raça foi alterado para Jugoslava Shepherd Dog-Šarplanina após a Montanhas Sar onde a raça é mais 
comum. Este nome manteve-se como a designação oficial da FCI 53 anos desde então. 

Aparência
O Sarplaninac é um cão grande e fortemente construído. O corpo é ligeiramente maior que a altura na 
cernelha , e conta as patas dianteiras para cerca de 55% da altura. A cabeça é grande, mas proporcional ao corpo, com olhos escuros.

Tamanho
Sarplaninac é um cão robusto, bem proporcionado com boa ossatura, de um tamanho que é bem acima da média e com uma espessa pelagem longa e bastante grosseiros que enfatiza a aparência curto. Eles são 
cerca de 38-55 kg e 70 a 82 cm. Embora os cães muito maiores que existem, que pode chegar até 80 kg 
- a maioria destes "gigantes" são provavelmente de origem da raça mista e provavelmente não puro.

Casaco
A pelagem é densa e de comprimento médio, pode ser áspero ou liso. A pelagem também é cerca de 
quatro polegadas (10 cm) de comprimento. A pelagem vai beneficiar de escovar ocasional. Todos os 
tipos Sarplaninac são sólidos de cor: fulvo, de ferro fundido cinzento, branco ou quase preto. A cor 
não precisa ser completamente uniforme, e mais Sarplaninac ter vários tons diferentes da mesma cor 
esmorecer um no outro. Não há bicolores e não de maneira uniforme preto revestido cães entre os 
animais puros , mas estranha cor de espécimes não existem.

Cor
Normalmente sable ou cinza escuro com "macacão" na cabeça e nas costas, o subpêlo sendo mais pálida. Quase todas as outras cores são aceitas, mas os cães não devem ter grandes manchas brancas em seu 
casaco.

Temperamento
O temperamento da raça é descrita como independente, confiável, protetora, mas não mal-humorado, 
incorruptível e dedicado ao seu mestre. A raça é indiferente com estranhos, e calma até uma ameaça 
ao rebanho se apresenta. A raça tem uma natureza extremamente protetor. Na ausência de um rebanho de 
ovelhas, o Sarplaninac, muitas vezes, tratar os seus seres humanos como ovelhas - pastores-los longe 
do perigo ou áreas indesejáveis. Eles são sereno e majestoso, dócil com crianças e cães menores. 
Eles também são muito inteligentes e criados para trabalhar sem supervisão humana, enquanto 
guardavam os rebanhos nos pastos altos. Filhotes jovens podem matar pequenos animais, até treinados 
para não caçar. Como muitos de seu primo cães Mountain , o Sarplaninac é um cão de guarda muito sério e dedicado.  Devido a isto, eles são naturalmente desconfiados de estranhos e terá boa socialização em uma idade jovem para diminuir esse traço de personalidade inata. Eles são calmos e gentil com sua família, mas 
quando confrontados com o perigo de se tornarem um adversário formidável, não uma raça apropriada 
para todos. Formação consistente e firme é essencial para garantir a conformidade.

Vida profissional
As ovelhas guarda Sarplaninac perto do Lago de pico no Kosovo . O Sarplaninac (Jugoslava Shepherd) é uma raça reservada e intuitiva, teimosa e reservada, mas devidamente treinados e tratados com autoridade, que é excelente em uma variedade de tarefas.  Cão-agressão e desconfiança de estranhos são traços comuns da Sarplaninac, razão pela qual a socialização precoce é de extrema importância. Fortemente ossatura e musculoso, o cão tem uma completa top-coat, com um subpêlo abundante denso, tornando-o resistente e adequado para uma vida fora. O Sarplaninac tem sido conhecida a luta ou afugentar um lobo , lince e até mesmo dos Balcãs ursos .A raça também pode trabalhar de gado e servir como um cão de guarda. Eles foram usados ​​primeiramente como cães militares em 1928 pelo exército do Reino dos Sérvios, 
Croatas e Eslovenos e mais tarde sob Josip Broz Tito na República Socialista Federativa da 
Iugoslávia . Hoje é usada por militares da Sérvia como cão de guarda nas regiões montanhosas.
O Sarplaninac está se espalhando por fazendas norte-americanas como um cão de pastoreio de ovelhas e 
um guardião do gado. Desde 1975, as exportações bem sucedidas têm sido realizadas para os Estados 
Unidos e Canadá para controle de coiotes, e é aí que a sua futura segurança descansa. Ele agora está 
ganhando reconhecimento como um hard-working guarda rebanho, capaz nesses países.
História Sua origem não é clara, acredita-se que seus antepassados ​​foram os antigos Molosser cães da Grécia  e da pecuária cães de guarda da Turquia. A raça foi inicialmente reconhecido pela Federação Cinológica Internacional (FCI), em 1939, como o Illyrian Pastor, após o nome antigo da região. Em 1957, a pedido da Federação Jugoslava Canine (JKS), a FCI mudou o nome para Jugoslava Shepherd Dog-Sarplaninac, após a Montanhas Sar ( Sar Planina em línguas eslavas do Sul ), onde a raça é mais comum. A imagem do Sarplaninac é destaque na inversa do Macedonian 1 denar moeda, emitida em 1993, e sobre o emblema de Dragas , uma cidade no sul do Kosovo, localizado na região das Montanhas Sar. 

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado