sábado, dezembro 20, 2014

Cachorros - Condições para Imunização.



Cachorros - Condições para Imunização: Vacinar o cachorro, ou aplicar-lhe somente a vacina, não é uma garantia, nem significa que o cachorro esteja realmente imunizado, para que o seu organismo possa desenvolver defesas através dos anti-corpos contra determinadas doenças. Pois Se o cachorro não estiver em condições orgânicas e até pisco-emotivas ideais, para que seu organismo possa assimilar e interagir com a vacina, o cachorro será vacinado, porem não será imunizado, e seu organismo não conseguira desenvolver a proteção e as defesas necessárias, contra as doenças especificas e relativas a vacina.



E isso pode acontecer devido a varias situações, que vão desde as condições de saúde do cachorro, devido ao mesmo estar com alguma doença, ou fazendo algum tratamento que tenha que consumir algum medicamento anti-alérgico à base de cortisona, tanto de forma oral, topica ou em gotas, pois existem inúmeras pomadas e remédios de ouvido que utilizam cortisona em sua formulação. e até mesmo se o cachorro estiver passando por uma situação de depressão (tristeza/melancolia), tensão e stress intensos o seu próprio organismo produz a cortisona, e não desenvolvera uma boa resposta à vacina, pois o corticóide é imuno-supressor e diminui as defesas do organismo.



O cachorro pode estar doente, porem ainda sem manifestação ou sintomas visíveis da doença. Pois Quando se vacina um cachorro que esteja doente, alem de ele não criar e desenvolver as defesas orgânicas induzidas pela vacina, pode tambem dependendo do estagio e da gravidade da doença ter sérias complicações com a própria vacinação. Pois vacinar o cachorro, pura e simplesmente, sem se tomar os cuidados e as precauções necessárias com relação a sua saúde física e mental (psico-emotiva) e fazer uma verificação através de um medico veterinário de seu estado geral, avaliando a sua temperatura corporal, os seus gânglios, os seus olhos, ouvidos, a sua boca, o seu estado de animo e o seu apetite, e é recomendável tambem se fazer um exame de fezes e urina.


E caso seja constatado alguma doença ou algum problema com o cachorro, deve-se tratar o cachorro e aguardar a sua cura ou melhora do seu estado geral, e simultâneamente preparar o organismo do cachorro para receber a vacina, e somente depois que o cachorro estiver apto a receber a vacina e desenvolver a consequente imunização proprcionada por ela, é que se deve vacina-lo. Para se evitar o risco de o cachorro reagir desfavoravelmente a vacina, devido a estar com uma doença latente e consequentemente ainda não manifestada. Hávendo ainda a possibilidade de uma falsa impressão e a ilusão de que o cachorro esteja realmente imunizado contra uma determinada doença do qual foi vacinado, deixando o mesmo vulnerável e suscetivel a se infectar e desenvolver está mesma doença, devido ao seu organismo ter sido incapaz de produzir e desenvolver os anti-corpos ativos e induzidos pela vacina.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

COMPRE E RECEBA EM CASA! COM TODA COMODIDADE, SEGURANÇA E RAPIDEZ.

,

,

CURSO DE VIOLÃO: EBOOK + VIDEO AULAS - TOTALMENTE GRATIS!