.

domingo, dezembro 26, 2010

Cachorros - Festas de Natal e Reveillon.



Cachorros - Festas de Natal e Reveillon: As festividades de Natal e Reveillon são momentos em que as pessoas tradicionalmente promovem confraternizações entre parentes e amigos, reúnem a família para a ceia, e assistem às belas queimas de fogos de artifício para celebrar o Ano Novo. É nessa época também que devemos redobrar nossa atenção com os cachorros e outros animais durante as festas, pois quem possui um cachorro ou gato em casa deve ficar atento aos riscos de oferecê-los itens típicos de ceia de natal, como peru, tender, etc.

E mesmo, Independentemente das festas, muitos donos já têm o costume de alimentar seus animais, principalmente os cachorros com as sobras de suas refeições, com a equivocada crença de que se está fornecendo uma alimentação variada, e consequentemente mais saudável para o seu cachorro. Outros, o fazem apenas por não resistirem em ver o seu cachorro ou gato implorar pela comida que está à mesa, principalmente no período de festas de fim de ano. É recomendável que o seu cachorro seja alimentado somente com ração própria para o seu bio-tipo e a sua idade.

Ou com uma alimentação caseira bem equilibrada e feita especialmente para ele, sem temperos e condimentos. O aparelho digestivo dos cachorros é tão ou mais sensível que o dos humanos e, certos alimentos, como carne de porco e derivados, podem ser prejudiciais por serem muito gordurosos. Deve-se evitar ao máximo uma alimentação gordurosa, pois esta oferece ainda o risco de causar uma gastroenterite alimentar, causando diarréia e vômitos no cachorro. Uma alimentação desequilibrada com falta ou excesso de algum componente pode prejudicar os pelos e a saúde dos cachorros.

Assim, se você não resiste em dar um “mimo” ao seu cachorro, dê preferência a biscoitos próprios para cachorros, a pedaços de fruta ou legumes, ou mesmo a um biscoito de água e sal. E atenção aos ossos: se quiser presentear o seu cachorro com um, recorra somente aos produzidos especialmente para cachorros a partir de couro bovino, e procure comprar aqueles sem corantes. Esses ossos são fáceis de serem fragmentados, facilmente digeridos e não há risco de fraturas de dentes ou lesões no palato ou aparelho digestivo.

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado