.

quinta-feira, fevereiro 27, 2014

Coleiras Scalibor são Confortáveis.

Coleiras Scalibor são Confortáveis: A Coleira Scalibor é o primeiro produto que consegue proteger os cachorros simultaneamente contra os flebótomos, as moscas e os carrapatos com uma alta eficácia. E imediatamente após a sua colocação no pescoço do cachorro, já começa a liberação do seu princípio ativo, que é a Deltametrina, e está poderosa e eficiente substância, que entretanto não é toxica para os cachorros, se distribui de forma rápida e uniforme pela pele do mesmo até atingir todo o corpo. E ao contrário do que ocorre com outras coleiras tradicionais, a liberação do princípio ativo da coleira Scalibor não se faz por evaporação, evitando-se assim perdas do princípio ativo e odores desagradáveis, além é claro, de conferir maior eficácia.

Utilizaçao: Ao retirar a coleira do sachê, remova o pó, em excesso na superfície da coleira, com um guardanapo de papel ou pano úmido, e ao colocar a Coleira Scalibor  no cachorro, deixe um espaço (folga) de 2 dedos entre o pescoço e a coleira, e para uma máxima eficácia, recomenda-se limpar a coleira com um pano úmido, pelo menos uma vez ao mês. A Coleira Scalibor necessita de 2 a 3 semanas para atingir a sua eficácia máxima, este período de tempo corresponde ao necessário para que a Deltametrina (o princípio ativo da Scalibor®) se espalhe por todo o corpo do cachorro. Entretanto caso a colocação da coleira, eventualmente venha gerar alguma reação alérgica, aconselha-se a remoção temporária da mesma por um periodo de uma semana, ou até que os sinais da alergia desapareçam. Porem se após a recolocação da Coleira Scalibor, a reação alérgica persistir, retire a Coleira Scalibor e avise ao médico veterinário.

A coleira Scalibor possui duas apresentações:
Para cães grandes: 65 cm
Para cães pequenos: 48 cm
A tecnologia exclusiva e inovadora de Scalibor:
A Coleira Scalibor possui um processo de liberação patenteado que permite que o seu princípio ativo, a Deltametrina, se distribua diretamente sobre a pele do cachorro, evitando perdas por evaporação. Ou seja, a Deltametrina se espalha na oleosidade natural da pele e do pelo do cachorro promovendo portanto uma capa protetora que recobre todo o corpo do animal.
A Coleira Scalibor protege toda a superfície do corpo do cachorro.
A Deltametrina distribui-se pela oleosidade da pele.
A coleira Scalibor possui eficácia superior a 90%.

A Coleira Scalibor garante alta proteção contra as picadas dos flebótomos transmissores da Leishmaniose, sendo o indice de proteção considerado excelente contra as picadas de flebótomos durante os 6 meses seguintes à colocação da Coleira Scalibor.
Proteção contra os carrapatos:
Os resultados de provas de eficácia contra Rhipicephalus sanguineus tambem sao considerados excelentes.
E a Coleira Scalibor, é um produto muito seguro para o cachorro e para toda a família, e o princípio ativo da Scalibor, a Deltametrina, demonstrou ser um dos componentes mais seguros de todas as moléculas utilizadas em produtos antiparasitários.

Segurança para o cão:
Em estudos de segurança efetuados com a Coleira Scalibor e com o seu princípio ativo, comprovou-se que estes são extremamente seguros para o cachorro, mesmo se ingeridos acidentamente, e tambem a absorção da Deltametrina pela pele é praticamente nula.
Segurança para a família
Tal como os cachorros, os humanos apresentam uma alta tolerância a este princípio ativo, portanto, também para os humanos, este produto é muito seguro.

Bula:
Composição
Principio Ativo: Deltametrina.
Indicações
Para o controle e prevenção de infestações causadas pelo carrapato Rhipicephalus sanguineus e a pulga Ctenocephalides felis, que acometem os cachorros.
Para o controle dos mosquitos da família Phlebotomidae (Phlebotomus e Lutzomyia), vetores da Leishmaniose.
Para o controle de moscas como Stomoxys calcitrans e Musca domestica, comumente encontrados em ambientes onde vivem os cachorros.
Colocar a coleira em volta do pescoço do cachorro, regular o tamanho, para evitar que a coleira fique larga ou apertada e afivelar. Se houver sobra, corte a ponta, mas ou menos 5 cm após a fivela.
Cuidados e precauções
Evitar o contato da coleira com a pele e mucosas do corpo humano.
Manter fora do alcance de crianças e animais domésticos.
Não usar a coleira em cachorros com menos de 3 meses de idade.
Se houver ingestão acidental da substancia da coleira pelo cachorro, são observados os seguintes sintomas: incoordenação motora e aumento da salivação, que são reversíveis em 48 horas. Se necessário, o antídoto é o Diazepan.
Poderá ocorrer uma reação local de sensibilização individual e transitória.
Frequência de utilização
A coleira foi desenvolvida para promover uma lenta liberação do princípio ativo. Ao se colocar a coleira, nas primeiras 2-3 semanas, ocorrerá uma lenta diminuição das infestações, com aumento da eficácia após esse período, auxiliando no controle de carrapatos e  pulgas e prevenindo contra moscas e mosquitos por até 4 meses.
A coleira pode ser utilizada continuamente sem problemas, e não é necessário retirar a coleira para dar banhos nos animais e nem durante os períodos de chuvas.
Somente utilize medicamentos ou parasiticidas com prescriçao e acompanhamento veterinario. Fonte:Intervet/Scalibur.

Nenhum comentário:

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado