.

domingo, agosto 17, 2014

Cachorros - Reações Metabolicas.

             
       Cachorros - Reações Metaboliocas.


Cachorros - Reações Metabolicas: As proteínas possuem numerosas funções, formam as enzimas que catalisam as reações metabólicas digestivas e a assimilação de nutrientes, os hormônios que controlam os sistemas orgânicos e os anticorpos relacionados com o sistema imunológico. Além de serem componentes estruturais na formação e constituição dos tecidos musculares, tecidos conjuntivos, tendões, ligamentos, cartilagens e tambem do sistema  esquelético. As proteínas de alto valor biológico tem como caracteristica uma fácil digestibilidade e um balanço adequado de aminoácidos devendo conter todos os aminoácidos essenciais, garantindo todas as necessidades nutricionais e um bom funcionamento do organismo. As proteínas são formadas por 22 aminoácidos, e se a alimentação  fornecida ao cachorro tiver uma quantidade adequada de nitrogénio, os cachorros são capazes de produzir 12 aminoacidos, que são os aminoácidos não essenciais que podem ser fornecidos através da alimentação ou sintetizados no organismo. 

          Cachorros - Reações Metabolicas.

Já os outros 10 aminoácidos restantes não podem ser produzidos em quantidade suficiente para atender as demandas e necessidades nutricionais dos cachorros, principalmente na fase de crescimento devem então ser acrescentados a sua alimentação, por isso são chamados de essenciais. A deficiência de um aminoácido essencial prejudicará a formação da sequência de aminoácidos que estrutura a proteína, impedindo a síntese completa da mesma. A capacidade da dieta em fornecer aminoácidos em quantidades adequadas para atender as necessidades diárias está diretamente relacionada às fontes proteicas utilizadas nos alimentos, aos parâmetros de digestibilidade da proteína e balanço de aminoácidos presente na composição estrutural das mesmas. A ausência ou a ingestão inadequada de qualquer um desses aminoácidos resulta em perda de peso e falhas no crescimento. 

        Cachorros - Reações Metabolicas.

E a necessidades de aminoácidos apesar de serem imprencindiveis na fase de crescimento ocorrem em todas as fases da vida dos cachorros, por isso devem estar presentes na alimentação e serem utilizados não somente por cachorros em fase de crescimento, mas tambem por cachorros adultos, cadelas em gestação e lactação e cachorros idosos. O que muda nessas fases é a quantidade necessária de aminoácidos, que pode ser atendida de forma adequada seguindo-se as recomendações do veterinário. O organismo tem capacidade de sintetizar novas proteínas a partir de aminoácidos, desde que todos os aminoácidos necessários estejam disponíveis nas células,  na realidade o organismo não tem uma necessidade específica de proteínas, o que existe é uma necessidade de aminoácidos e nitrogénio, que são os componentes unitários das proteínas. E as proteínas são a principal fonte de nitrogénio do organismo, pois o nitrogénio é essencial para a síntese dos aminoácidos não essenciais e outras moléculas necessárias ao funcionamento do organismo. 

         Cachorros - Reações Metabolicas.

Outra função importante das proteínas na alimentação é dar sabor as mesmas, normalmente quando a quantidade de proteínas é aumentada, aumenta a palatibilidade e a aceitação do alimento. O grau a partir do qual o cachorro é capaz de usar as proteínas da dieta como fonte de aminoácidos e nitrogénio é influenciado pela digestibilidade e pela qualidade da proteína incluída na alimentação. As proteínas que têm uma digestibilidade elevada e contêm todos os aminoácidos essenciais nas proporções adequadas relativamente às suas necessidades, são consideradas proteínas de alta qualidade, e quanto maior a qualidade das proteínas na alimentação, menor a quantidade que o cachorro necessita para suprir as suas necessidades de aminoácidos essenciais.

Aminoácidos Não Essenciais – alanina, aspargina, aspartato, cisteína,
glutamato, glutamina, glicina, hidrolisina, hidroxiprolina, prolina,
serina, tirosina.

Aminoácidos Essenciais – arginina, histidina, isoleucina, leucina,
lisina, metionina, fenilalanina, triptofano, trionina, valina.

          Cachorros - Reações Metabolicas.



As proteínas de origem animal são as que apresentam proteínas de alta qualidade, e por serem facilmente digeridas pelos cachorros maior e o seu valor. A inclusão de subprodutos como o milho e a soja diminuem a qualidade da proteína, uma vez que muitos destes produtos não são digeridos pelos cachorros, e não tendo portanto qualquer valor nutricional. O milho frequentemente encontrado nas rações é deficiente em lisina e triptofano que são aminoácidos essenciais e devido a isto não e considerado um produto com proteínas de elevada qualidade. Outro vegetal muito encontrado nas rações é a soja, a soja por não ser digerida no intestino dos cachorros pode provocar flatulência e diarreias, porque as bactérias do intestino ao digerirem os açucares da soja produzem gás e aumentam a absorção de água. Por outro lado a soja crua, contém fitatos que diminuem a absorção de outros nutrientes. Não utilize suplementos alimentares (aminoacidos) na alimentação de seu cachorro, sem a prescrição e  acompanhamento veterinario. 

Nenhum comentário:

COMPARTILHE A POSTAGEM.

.

.
.

Visualizações de página do mês passado